window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-SS4D0CGZVY'); Pastor Moises Martins

Páginas


quarta-feira, 3 de julho de 2024

A vítima estava se alimentando

Criança com paralisia cerebral morre engasgada em Ribamar na região da Grande São Luís

Alberth Lorran Sá Souza morreu nesta quarta-feira (3), enquanto estava sendo alimentada pela mãe, na cidade de São José de Ribamar.


Uma criança de 3 anos, identificada como Alberth Lorran Sá Souza, morreu engasgada, esta quarta-feira (3), enquanto estava sendo alimentada pela mãe. O caso ocorreu na cidade de São José de Ribamar, região metropolitana de São Luís. A vítima tinha paralisia cerebral.


De acordo com os relatos da mãe à Policia Civil do Maranhão (PC-MA), ao perceber que o filho, natural da cidade de Mirinzal (MA), estava passando mal, realizou de imediato, os serviços de primeiros socorros para tentar desengasgar o menino.

Porém, as tentativas não tiveram resultados eficazes e a mulher não conseguiu socorrer a criança. Alberth foi levado para o Hospital Municipal de São José de Ribamar, onde foi constatado que o menino já estava sem vida.


Manobra de heimlich


A manobra de “Heimlich” consiste em um procedimento rápido de primeiros socorros para tratar asfixia por obstrução das vias respiratórias superiores por corpo estranho, tipicamente alimentos ou brinquedos.


Quanto tempo podemos fazer a manobra?


Faça até 3 tentativas. Se a pessoa não responder ou não conseguir respirar depois disso, ela pode estar evoluindo para um quadro de parada cardiorrespiratória. Peça ajuda!


Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu): 192


Corpo de Bombeiros: 193


Polícia Militar: 190


Engasgos com bebês


Primeiro, coloque o bebê de bruços em cima do seu braço ou sobre a perna. Vire a cabeça dele para baixo, segure a boca até ficar meio aberta e faça cinco compressões firmes entre as escápulas (no meio das costas).


Dê batidas vigorosas nas costas para conseguir realmente empurrar esse corpo estranho.Com um dedo, abra a boca da criança. Proteja o tórax e vire a criança de barriga para cima em seu braço para observar se ela continua com dificuldades para respirar.


Se ela continua com dificuldades para respirar, faça cinco compressões torácicas. Coloque dois dedos na linha entre os mamilos e empurre contra o tórax da criança por cinco vezes por cinco segundos.


Tente visualizar o corpo estranho e retire-o da boca delicadamente. Se não conseguir, repita as compressões até a chegada a um serviço de emergência.


O Ministério da Saúde lembra que esses procedimentos são válidos somente se a criança ou o adulto engasgado estiverem conscientes.


Vítimas inconscientes precisam de atendimento hospitalar rapidamente, e os primeiros socorros para asfixia ou engasgo devem ser tomados até que seja possível o atendimento especializado.








Nenhum comentário:

Postar um comentário