Páginas


quinta-feira, 9 de dezembro de 2021

Preso suspeito de participar de 'sapatinhos' no interior do Maranhão

O 'sapatinho' ocorre quando a vítima da ação criminosa é um funcionário de instituição financeira que, sob ameaça, é forçado a retirar valores da própria instituição e entregar ao sequestrador.


Nesta sexta-feira (9), a Polícia Civil do Maranhão prendeu um homem pelo crime de extorsão mediante sequestro, na modalidade conhecida como 'sapatinho'. A prisão foi feita na cidade de Presidente Dutra, a 347 km de São Luís.

O 'sapatinho' ocorre quando a vítima da ação criminosa é um funcionário de instituição financeira que, sob ameaça, é forçado a retirar valores da própria instituição e entregar ao sequestrador.

Segundo a Polícia Civil, o homem preso nesta sexta é suspeito da prática dessa modalidade criminosa contra funcionários do Banco Bradesco, na cidade de Paraibano, a 502 km de São Luís.


Leia também: Pitbull sente ciúmes do tutor e vídeo passa de 10 milhões de visualizações nas redes sociais; Confira o que aconteceu...


Vendedor de carros tem R$ 9 mil roubados em São José de Ribamar


EXCLUSIVO: Ação Policial termina com dois presos e a batida entres dois veículos em Presidente Dutra


Ainda de acordo com a polícia, esse é o segundo integrante do grupo atuante no estado, que é identificado e preso pelo Departamento de Combate ao Crime Contra Instituições Financeiras (DCRIF), da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC).

As investigações continuam para identificar e prender outros possíveis integrantes da quadrilha.

Após o cumprimento do mandado de prisão temporária, expedido pelo juízo criminal da Comarca de Paraibano, o preso foi encaminhado ao Sistema Penitenciário, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Leia também: Após tentar matar ex-esposa no Maranhão, homem vai à delegacia, confessa crime, mas é liberado

Nenhum comentário:

Postar um comentário