window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-SS4D0CGZVY'); Pastor Moises Martins

Páginas


domingo, 30 de junho de 2024

Pastor Felippe Valadão é indiciado por intolerância religiosa durante culto

O caso aconteceu durante um evento em Itaboraí, na região metropolitana do Rio de Janeiro, a fala ocorreu durante o aniversário de 189 anos da cidade.

DENÚNCIA - O pastor foi denunciado pelo deputado Átila Nunes (PSD) após dizer que "Deus vai começar a salvar esses pais de santo que tem na cidade" e "muito centro de umbanda seria fechado".

🔥REVOLTA - A fala ocorreu durante o aniversário de 189 anos da cidade, o que enfureceu a comunidade umbandista. Desde 2022, o líder religioso estava sendo investigado pela  Polícia Civil do Rio de Janeiro por meio da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância.

📚HISTÓRICO - A família Valadão é conhecida por não se dar muito bem com as diferenças do mundo. O cunhado de Felippe, André Valadão, chegou a ser acusado pelo Ministério Público Federal de homofobia em 2023, na ocasião ele disparou: 

"Essa porta [casamento homoafetivo] foi aberta quando nós tratamos como normal aquilo que a bíblia já condena. Então, agora é hora de tomar as cordas de volta, dizendo não, não, não. Pode parar, reseta”, disse.


Nenhum comentário:

Postar um comentário