window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-SS4D0CGZVY'); Pastor Moises Martins

Páginas

quarta-feira, 31 de janeiro de 2024

Menor participa de ‘Grau’ e cai durante perseguição, no Nova Terra em São José de Ribamar

O caso foi registrado na noite desta terça-feira (30), no bairro Nova Terra, em São José de Ribamar, região metropolitana de São Luís.

Um adolescente, 17 anos, que estava executando manobras perigosas, conhecidas como ‘Grau’, sofreu um acidente durante uma perseguição policial. 

Clique no link abaixo para ver o video 

Clique aqui no link para ver o video


Homens do 13° Batalhão da Polícia Militar receberam a denúncia que duas pessoas disputavam para saber quem era o melhor nas manobras. A equipe foi até o local e avistou os motoqueiros na avenida. A sinalizarem para que os condutores parassem, eles desobedeceram à ordem e fugiram. Durante a perseguição um dos motoqueiros perdeu o controle e caiu do veículo.

Imagens gravadas por pessoas que estavam no local mostram o momento em que o menor foi capturado pelos policiais. A moto estava caída em frente a uma igreja evangélica do bairro e o adolescente foi arremessado para o outro lado da rua.


Segundo informações da PM, o condutor estava sem os documentos do veículo que também não tinha placa. Outras duas pessoas que estavam com ele conseguiram fugir.

O adolescente foi encaminhado ao Hospital de Urgência e Emergência Dr. Clementino Moura – Socorrão II, com vários ferimentos. Após o atendimento, ele foi apresentado à delegacia do Maiobão para os procedimentos legais.

No Residencial Nova Terra a pratica e comum de direção perigosa (empinando a motocicletas). O motivo e falta de quebra molas e  da principais avenidas do Nova Terra com 12 metros de larguras.


O Residencial Nova Terra nas ultimas semana a policia militar tem realizado diversa operações no Pre-Carnaval com viaturas do 13° Batalhão e homens do Batalhão do Choque da Policia Militar, para impedir assaltos e homicídios no conjunto habitacional durante o periodo carnavalesco.


Nenhum comentário:

Postar um comentário