Páginas


terça-feira, 1 de fevereiro de 2022

Anatel aprova compra e agora Oi Móvel pertence à Tim, Vivo e Claro

Os usuários da Oi Móvel serão acompanhados durante o processo de migração para as operadoras concorrentes.



O julgamento tinha começado na última sexta-feira (28). Na ocasião, apenas o parecer foi lido. O diretor Vicente Aquino pediu vistas [mais tempo para analisar o tema], e a votação não começou. Na sessão de hoje, Aquino devolveu o processo com ajustes de redação e condicionantes adicionais em relação às medidas propostas por Campelo. Tanto o relator como os diretores Carlos Baigorri e Moisés Moreira acolheram os ajustes.


Pelos pontos acrescentados, a Anatel terá de acompanhar os usuários da Oi Móvel durante o processo de migração para as operadoras concorrentes. Os compradores terão até 90 dias, renováveis por mais 90, para negociarem um acordo para a manutenção dos serviços móveis prestados pela Oi na Estação Antártica Comandante Ferraz.

Após a aprovação do negócio pela Anatel, a venda da Oi Móvel será analisada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), que tem até 15 de fevereiro para emitir a decisão final.

AS MAIS ACESSADAS DO BLOG:

— Urgerte: Motociclista de Ribamar morre após acidente na Estrada de Ribamar próximo a associação dos Metalúrgicos.

— Jovem morre após sair de casa para receber pensão alimentícia de ex-companheiro na Vila Luizão em São Luís

— Homens são presos com arma de fogo e veículo roubado em São Luís Os criminosos foram detidos com um carro roubado de uma residência do bairro Cohaserma, na capital.

— Pastor da Igreja Assembleia de Deus de São Luís foi assassinado.

Desde 2016, a Oi está em recuperação judicial, quando uma companhia negocia dívidas com credores para evitar a falência. Em novembro de 2020, a Oi vendeu ativos, como torres e centros de dados, por R$ 30,7 bilhões. A venda da Oi Móvel deve render R$ 15,8 bilhões, e a venda da InfraCo, empresa de infraestrutura óptica, está avaliada em R$ 10,6 bilhões.

Concorrência

Para manter a concorrência na telefonia móvel, o relator do processo sugeriu que as operadoras concorrentes que comprarem o serviço móvel da Oi ofereçam, por preços especiais, os serviços de roaming a prestadoras de pequeno porte; estimulem a exploração do serviço móvel pessoal (SMP) por rede virtual e façam planos de compromissos voluntários para a utilização de faixas do espectro.

As empresas também deverão elaborar um plano especial de comunicação aos clientes, informando o direito de escolha do plano telefônico com consentimento expresso e garantindo o direito à portabilidade a qualquer momento.

* Com informações da Agência Brasil 

Nenhum comentário:

Postar um comentário