Páginas


quarta-feira, 6 de janeiro de 2021

 

Primeiro os meus e depois os teus; Numa caneta só, Julinho de Maranhãozinho exonera mais de 3000 pais e mães de família ribamarenses


A sanha foi tanta que ele demitiu até os secretários e adjuntos do município que já tinham sido exonerados pela gestão, de acordo com publicação no diário do dia 31 de Dezembro.

O prefeito Julinho de Maranhãozinho (PL), numa canetada só exonerou todos os servidores de cargo comissionados da prefeitura de São José de Ribamar.

No seu discurso de posse, ele havia dito que não iria demitir nenhum servidor ribamarense da prefeitura. (reveja aqui).

A sanha foi tanta que ele demitiu até os secretários e adjuntos do município que já tinham sido exonerados pela gestão, de acordo com publicação no diário do dia 31 de Dezembro.

Enquanto Julinho deixa milhares de pais e mães de família ribamarense desempregados, saiu a nomeação do seu secretariado, muitos forasteiros (relembre aqui) e a sua própria esposa Gilvana Dualibe.

Por Matias Marinho 

Mas isso é assunto para a próxima postagem.

Por Matias Marinho 

Nenhum comentário:

Postar um comentário