segunda-feira, 21 de outubro de 2019


Para Eliziane Gama, dados sobre concentração de renda são estarrecedores…


A senadora lamentou o aumento do número dos que vivem com R$ 413 reais ao mês e a ampliação da concentração  e renda entre os mai ricos a partir de 2017, quando o Brasil entrou no novo ciclo político


A senadora Eliziane Gama (Cidadania) mostrou-se estarrecida com o aumento das desigualdades sociais no Brasil, mostrado pelo estudo da PNAD Contínua, do IBGE.
– Estarrecedores os dados divulgados pelo IBGE na PNAD contínua – ressaltou Eliziane.
de acordo com o PNAD, a renda dos 1% mais ricos aumentou desde 2017, quando consolidou-se um novo ciclo político no Brasil.
Já a renda da maioria mais pobre caiu significativamente em 2017 e 2018.
 – A renda dos mais pobres caiu, a concentração de renda cresceu e a desigualdade bateu recorde no Brasil. Metade dos brasileiros vive com R$413 mensais. É inadmissível – lamentou a senadora maranhense.
Os números do IBGE foram, divulgados esta semana…

Nenhum comentário:

Postar um comentário