window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-SS4D0CGZVY'); Pastor Moises Martins

Páginas


quinta-feira, 27 de junho de 2024

São José de Ribamar 

Banco do Brasil de Ribamar será local de simulação de assalto em encerramento de curso de segurança do Maranhão

A população que estiver próximo a agência será avisada de que toda a ação faz parte de um treinamento.

A agência do Banco do Brasil, em São José de Ribamar, Região Metropolitana de São Luís, será local de uma simulação de assalto, nesta sexta-feira (28). 

A atividade marca o encerramento da 1ª edição do Curso do Plano de Gestão de Crise de Segurança nas Cidades, do Maranhão, promovido pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), em parceria com o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP).

A ação objetiva promover mais segurança à população em um caso real de ataque ao banco, explica o subcomandante da Polícia Militar Nilson Ferreira

“O grande exercício simulado vai levar um cunho de realidade a esse treinamento, permitindo não só que os policiais planejem, mas também executam várias atividades. Teremos o emprego de embarcações também, simulando de fato um ataque real a essa cidade com resposta adequada e bem planejada para proporcionar à comunidade uma sensação de segurança ainda mais efetiva,” esclareceu o subcomandante.

O delegado André Gossain, representante da Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça (Senasp), comentou da iniciativa e do plano de defesa para a preservação da vida da população.

“Construindo um plano para defender as cidades contra ataques violentos contra o patrimônio, de domínio de cidades, este plano visa que as tropas policiais estejam prontas e aptas a responder a qualquer tipo de ataque violento nesse sentido, protegendo assim sua população”, pontuou.

Gossain explicou que o objetivo é mostrar que as forças de segurança conseguem impedir novas ações criminosas contra instituições bancárias.

“Ao final do curso vão criar um plano que irá defender São Luís e a Região Metropolitana em caso de ataques e como sabemos, uma vez que construímos um plano desse o delinquente pensa 2, 3, vezes em atacar sabendo que já tem um plano de defesa e ele terá prejuízos se assim atacar, pois a polícia estará pronta”, finalizou.











Mm

Nenhum comentário:

Postar um comentário