window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-SS4D0CGZVY'); Pastor Moises Martins

Páginas


terça-feira, 25 de junho de 2024

 Influencer é suspeito de desviar doações para filha com deficiência.

O jovem é suspeito de desviar doações feitas por seguidores para os cuidados da filha, uma menina de apenas 2 anos, que tem paralisia cerebral. A mãe da criança também é investigada.

A Polícia Civil de Goiás abriu um inquérito para investigar o influenciador Igor Viana, de 24 anos. O jovem é suspeito de desviar doações feitas por seguidores para os cuidados da filha, uma menina de apenas 2 anos, que tem paralisia cerebral. A mãe da criança também é investigada. Nas redes sociais, ele se identifica como “Pai do Soso” e “Servo de Deus Vivo”.

O QUE ACONTECEU?

Ele acumula milhares de seguidores nas plataformas digitais e usa para angariar doações. Igor se tornou alvo de investigação em 19 de junho, após denúncias por maus-tratos serem feitas contra ele na delegacia de Anápolis. 


“Pai chamou a filha de "criança inútil do car**** em uma trend" nas plataformas [...] essa fala dele pode ser encarada tanto como constrangimento de criança, quanto ao crime de incitação à discriminação de pessoa com deficiência. Além disso, no contexto em que ele está sendo investigado, pode se caracterizar o crime de maus-tratos”, explicou a delegada responsável pelo caso, Aline Lopes, ao UOL. 


MÃE TAMBÉM É INVESTIGADA

Conforme a Polícia Civil, a mãe da menina teria usado dinheiro de doação para fazer intervenções estéticas no corpo. Igor e a ex-companheira teriam como principal fonte de renda as doações feitas para a filha, que seriam desviadas para o usufruto pessoal dos dois. A menina mora atualmente com o pai. 


O influencer e a mulher serão intimados a depor para prestar esclarecimentos sobre as denúncias feitas contra eles, e pode responder por constrangimento de menor, estelionato, discriminação à pessoa com deficiência e apropriação de bens proventos de pessoa com deficiência.


OUTRO LADO

Nos stories de seu perfil no Instagram, o influenciador informou aos seguidores que o Conselho Tutelar de Anápolis o proibiu de mostrar a criança. Ele ressaltou que, "a partir" dessa determinação, Sosa aparecerá "apenas no programa por assinatura" que ele mantém de forma privada. O print dessa mensagem de Igor foi enviada à reportagem pela delegada.



Nenhum comentário:

Postar um comentário