window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-SS4D0CGZVY'); Pastor Moises Martins

Páginas

domingo, 23 de outubro de 2022

Ipec divulga nova pesquisa no RS para a Presidência no segundo turno

Levantamento foi realizado com 1,2 mil pessoas em 62 municípios do Estado, entre 19 e 21 de outubro

A segunda pesquisa Ipec para a Presidência da República neste segundo turno mostra Jair Bolsonaro (PL) à frente de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na preferência dos gaúchos. Se na medição anterior, de 14 de outubro, havia um empate nominal, com ambos os candidatos com 46% das intenções de voto, agora Bolsonaro aparece com 49%, oscilando três pontos para cima. Já Lula caiu para 42%, ficando sete pontos atrás do rival. Brancos e nulos continuam sendo 5%, assim como os indecisos seguem em 4%.



Quando a pesquisa contabiliza apenas os votos válidos, considerando somente aqueles atribuídos aos candidatos — que é como o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) totaliza a contagem —, mais uma vez se desfaz o empate nominal da semana passada, quando os dois candidatos haviam marcado 50%. Agora, Bolsonaro passou para 53% e Lula, para 47%. 


Tal cenário configura empate técnico, todavia no limite da margem de erro. Bolsonaro teria entre 56% e 50%, enquanto Lula teria entre 50% e 44%.

Na pesquisa espontânea, quando o Ipec não apresenta os nomes dos concorrentes, Bolsonaro tem 47%, ante 44% da aferição anterior. Já Lula oscilou um ponto para baixo e tem 42%.

O Ipec foi criado por ex-executivos do Ibope Inteligência após o seu encerramento

A pesquisa contratada pela RBS foi realizada com 1,2 mil pessoas em 62 municípios do Estado, entre 19 e 21 de outubro. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que significa que, se for aplicada cem vezes, daria resultados dentro da margem de erro em 95 casos. O levantamento foi registrado no TSE sob o número BR-00863/2022.

Com informações do GHZ jornal digital 


Nenhum comentário:

Postar um comentário