window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-SS4D0CGZVY'); Pastor Moises Martins

Páginas


sábado, 29 de junho de 2024

Deputada Mical Damasceno fala aos Pastores Convencionais da CEADEMA sobre sua Luta pelos Valores e Princípios Cristãos na Assembleia Legislativa do Maranhão

Em um evento realizado na manhã deste sexta-feira (28/06), a deputada Mical Damasceno (PSD),  discursou aos pastores convencionais da Convenção Estadual das Assembleias de Deus no Maranhão (CEADEMA). A parlamentar destacou sua contínua luta em defesa dos valores e princípios cristãos na Assembleia Legislativa do Maranhão.

Mical Damasceno, conhecida por sua forte atuação em prol das causas cristãs, ressaltou a importância de manter a integridade moral e ética na política. "Nossa missão é ser a voz daqueles que compartilham da fé cristã e querem ver esses valores refletidos nas políticas públicas", afirmou a deputada.

Durante seu discurso, ela mencionou diversos projetos de lei que propôs e que estão alinhados com os ensinamentos bíblicos, incluindo iniciativas voltadas para a proteção da família, da vida e liberdade religiosa. Mical destacou a necessidade de união entre os cristãos para enfrentar os desafios atuais e garantir que os valores cristãos sejam preservados.

Os convencionais da CEADEMA receberam a deputada com entusiasmo e expressaram seu apoio contínuo ao seu trabalho na Assembleia Legislativa. "É fundamental termos representantes comprometidos com os princípios cristãos em todos os níveis de governo", declarou o pastor Pedro Aldir Damasceno ex presidente da Ceadema e presidente da igreja Assembléia de Deus de Viana.

Ao concluir seu discurso, Mical Damasceno reafirmou seu compromisso em continuar lutando pelos direitos e valores cristãos, agradecendo o apoio da comunidade evangélica da Igreja Assembléia de Deus do Maranhão. "Juntos, podemos fazer a diferença e construir uma sociedade mais justa e alinhada com os princípios de Deus, Deus Seja a Glória", pontou Mical Damasceno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário