Páginas


terça-feira, 25 de janeiro de 2022

 Abandono de Incapaz 

Bebê de dois meses morre após ser deixado sozinho em casa em Penalva; pais são presos

Um homem e uma mulher foram presos na tarde desta segunda-feira (24), na cidade de Penalva, a 255 km de São Luís, por suspeita de causarem a morte do próprio filho, um bebê de dois meses.

Segundo informações, o caso aconteceu na região da Trizidela, na noite desse domingo (23).

Postagem relacionada:

— Um jovem evangélico membro da Assembleia de Deus recorreu ao suicídio em São José de Ribamar, vítima da depressão

Filho de Pastora da Assembleia de Deus Corpo de Elias Rubem Filho da Pastora Fátima é encontrado nesta quarta-feira no rio Anil, em São Luís

Crime Brutal Um travesti identificado apenas como Paulinha foi violentamente agredido até a morte.

O pai, de 28 anos, e sua companheira, de 20 anos, foram presos em flagrante. Eles responderão por abandono de incapaz e homicídio culposo.

Segundo investigação preliminar, o casal saiu de casa e deixou o bebê sozinho. Ao retornarem da festa, foram dormir. Quando acordaram, o bebê estava morto.

Uma tia ainda chegou a levar o menino ao hospital, na tentativa de reanimá-lo, mas ele já estava sem vida.

A polícia foi acionada e conduziu os pais à Delegacia Regional de Viana, onde ficarão presos à disposição da Justiça.

O corpo do bebê foi levado ao Instituto Médico Legal (IML), em São Luís, para apurar as causas da morte. 

Com informações de Jailson Mendes

Postagem relacionada:       

— Crueldade: Travesti é assassinada a facadas e pedradas em Timon


Internado em hospital psiquiátrico Suspeito de assassinar brutalmente o travesti no Maranhão já foi identificado, afirma delegada


Crueldade: Travesti é assassinada a facadas e pedradas em Timon

Nenhum comentário:

Postar um comentário