Páginas


segunda-feira, 13 de dezembro de 2021

Tornados deixam mais de 80 mortos e rastro de destruição no sudeste dos EUA


Presidente Joe Biden afirma que ainda não se sabe o número de vidas perdidas e nem o alcance total do dano. Só no Kentucky, as mortes podem chegar a mais de 100, segundo o governador. Outros quatro estados também reportaram vítimas.



Uma série de fortes tornados arrasaram cinco estados dos Estados Unidos, desde a noite de sexta-feira (10). Até a manhã deste domingo (12), as autoridades confirmaram mais de 80 mortes em Kentucky, Illinois, Tennessee, Arkansas e Missouri.

Em áreas de escombros, as buscas por sobreviventes continuam. Segundo a CNN americana, prédios e veículos destruídos além de linhas de transmissão derrubadas dificultam a entrada das equipes de resgate em comunidades que estão sem telefone ou energia elétrica depois da passagem dos tornados.

"É uma tragédia", afirmou o presidente americano Joe Biden em um pronunciamento na TV neste sábado (11).

"E ainda não sabemos quanta vidas foram perdidas, nem o alcance total do dano", disse. Biden classificou a série de tempestades como "uma das piores" da história americana.


Também no sábado (11), a Casa Branca informou que o presidente determinou o direcionamento imediato de recursos federais para os locais mais necessitados.

Em Kentucky, um dos estados mais atingidos pelos tornados, 80 mortes já foram confirmadas, mas Andy Beshear, governador do estado, diz que o número de vítimas pode superar 100.

Ele declarou estado de emergência. Mais de 180 integrantes da Guarda Nacional foram deslocados para ajudar nas buscas por sobreviventes.

No oeste do estado, a cidade de Mayfield, com população de cerca de 10.000 habitantes, foi o "marco zero" da tempestade, que deixou um cenário apocalíptico: quarteirões devastados; casas e prédios históricos desmoronados e reduzidos a escombros; troncos de árvores sem os galhos; carros revirados.

"É indescritível, o nível de devastação é diferente de tudo que eu já tinha visto", disse Beshear, em uma coletiva de imprensa na cidade.

Vista aérea de uma fábrica de velas destruída na cidade de Mayfield, no Kentucky, depois da passagem de um forte tornado. — Foto: Cheney Orr/Reuters
Vista aérea de uma fábrica de velas destruída na cidade de Mayfield, no Kentucky, depois da passagem de um forte tornado. — Foto: Cheney Orr/Reuters

Em Mayfield, uma fábrica de velas estava em operação quando foi atingida pelo tornado. Segundo informações da imprensa local, mais de 100 pessoas estavam no edifício – muitas delas estão entre as vítimas fatais no estado. Quarenta pessoas foram resgatadas da fábrica, de acordo com o governador.

No estado, os ventos ainda descarrilaram um trem perto de Earlington. Um dos 27 vagões subiu a uma altura de quase 70 metros e aterrissou sobre uma casa, segundo a AFP. Ninguém se feriu.

No Kentucky, funcionários trabalham na cena de um trem descarrilhado depois de um forte tornado devastar áreas de vários estados dos EUA — Foto: Cheney Orr/Reuters
No Kentucky, funcionários trabalham na cena de um trem descarrilhado depois de um forte tornado devastar áreas de vários estados dos EUA — Foto: Cheney Orr/Reuters

No Tennessee, o clima extremo matou quatro pessoas. Em Arkansas, o tornado destruiu o telhado de uma casa de repouso, matando ao menos uma pessoa e ferindo outras cinco, afirmou o juiz do condado. Além disso, outra pessoa morreu em outra parte do estado, segundo a mídia local.


Em Illinois, seis pessoas morreram no desabamento de um armazém de distribuição da Amazon.

Dezenas de pessoas trabalhavam no turno noturno, processando milhares de pedidos antes das festas de fim de ano, quando o tornado atingiu o local na noite de sexta-feira (10), derrubando uma parede e colapsando parte do telhado. Segundo o chefe de bombeiros da Edwardsville, 45 pessoas foram resgatadas dos escombros do depósito.

Imagem aérea mostra o colapso de parte da estrutura de um armazém da Amazon, em Edwardsville, Illinois. Ao menos seis pessoas morreram no local.  — Foto: Reuters
Imagem aérea mostra o colapso de parte da estrutura de um armazém da Amazon, em Edwardsville, Illinois. Ao menos seis pessoas morreram no local. — Foto: Reuters

Segundo a Deutsche Welle, no estado de Missouri, uma pessoa morreu e outras duas ficaram feridas em desabamentos de edifícios.

O chamado "tornado quádruplo" foi mais forte e longo do que o normal para esta época do ano, conforme especialistas consultados pelo "Washington Post".


Imagens de satélite mostram linha de tempestades varrendo os EUA

Autoridades de quatro estados – Illinois, Missouri, Kentucky e Tennessee – reportaram vários danos, como a derrubada de estruturas. Várias pessoas também ficaram presas nos locais afetados.

Ainda de acordo com o jornal, o tornado, que atravessou da cidade de Monette, no estado de Arkansas, a Mayfield, uma das cidades mais atingidas no Kentucky, pode ter percorrido mais de 380 quilômetros. Caso tenha permanecido em contato com o solo sem interrupção, será a trilha de tornado mais longa na história dos EUA e a primeira a cruzar quatro estados.

Mais de 30 tornados atingem o Sudeste dos EUA e deixam mortos



Nenhum comentário:

Postar um comentário