Páginas


sexta-feira, 24 de dezembro de 2021

Simplício comemora mais de 41 mil empregos formais no MA



Mais de 41 mil novos postos de trabalho. Este é o resultado anunciado pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) sobre o Maranhão em 2021, entre janeiro e novembro.

De acordo com os dados, divulgados pelo Ministério do Trabalho e Previdência nesta quinta-feira (23), foram geradas 41.567 novas vagas em todo o Estado.

O secretário Simplício Araújo, da Seinc, parabenizou o Governo do Maranhão pela conquista – o Estado obeteve a maior variação relativa do Nordeste: de 8,44% (referente aos meses de janeiro a novembro/2021).

“Estamos em constante atuação para investir na recuperação da nossa economia e promover, cada vez mais, a geração de emprego e renda no Maranhão. Comemoro estes dados pois é a certeza de que estamnos no caminho para que possamos voltar a crescer e nos desenvolvermos ainda mais”, pontuou Simplício.

O Caged destacou, ainda, outro dado relevante: somente no mês de novembro de 2021, foram 2.848 novos postos de trabalho gerados no Maranhão.

Desenvolvimento das cadeias produtivas – A geração de novas vagas é fruto das diversas ações articuladas pelo secretário Simplício Araújo ao longo do ano. Uma delas, por exemplo, é o hub de combustíveis, com os 80 empregos gerados e 200 milhões em investimentos no novo terminal de armazenamento de líquidos, feito pelo grupo Terminais Marítimos de Pernambuco (Temape) e com tratativa da Seinc.

Com apoio da Seinc, outras cadeias produtivas também foram impulsionadas: a retomada da produção de alumínio pela Alumar, com investimento de R$ 400 milhões e mais de 2 mil empregos; a chegada da primeira fecularia do Estado em Humberto de Campos, com mais de 300 empregos; além da área do polo metal mecânico em Açailândia.

Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário