Páginas


quinta-feira, 18 de novembro de 2021

Mulher é estuprada e morta dentro de cemitério em Itaipava do Grajaú; polícia realiza operação para capturar o assassino

O homem identificado como Leandro Silva, conhecido como “Faísca”, suspeito de estuprar e matar uma jovem, é procurado pela polícia em Itaipava do Grajaú, a 449 km de São Luís.

A vítima, Marleide da Silva Sousa, de 19 anos, foi morta na noite de quinta-feira (11) dentro de um cemitério. O corpo foi encontrado com sinais de violência sexual. Ao lado, foi encontrada uma pedra com marcas de sangue.

A população saiu às ruas para tentar capturar o assassino. De imediato, uma operação foi deflagrada pelas forças policias de Itaipava do Grajaú, com o apoio do GTA (Grupo Tático Aéreo), para tentar localizar e prender o suspeito.

“Faísca” tem conseguido fugir do cerco de moradores e da policia. Eles estaria apenas com uma faca. De acordo com as últimas informações, na tarde desse sábado (13), ele estaria na região do Povoado Lagoa Comprida.

Até o momento, o suspeito não foi localizado. Segundo informações da polícia, ele teria furado o bloqueio, na madrugada deste domingo, e conseguiu chegar à cidade de Arame. Ele teria tentado entrar em uma casa e houve novo cerco policial, mas ele se embrenhou em uma área de mato.

A última mensagem postada por Marleide Sousa, no último dia 06, no Facebook, foi a seguinte:

“Entregue seu coração a alguém que nunca faria você se sentir inferior em seu relacionamento, porque fará tudo o que puder para fazer com que você se sinta a pessoa mais sortuda desse mundo. Alguém que demonstre um genuíno interesse em suas paixões e te apoie em todos os aspectos de sua vida. Alguém que anda um quilômetro a mais só para te ver sorrir”.

Marleide Sousa deixa dois filhos menores.

Por Gilberto Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário