Páginas


quarta-feira, 24 de novembro de 2021

Irmãs que mataram mulher a facadas são condenadas a 34 anos de prisão em Matinha

As irmãs Tainar dos Santos e Tainara dos Santos, que mataram a jovem Kelrry Daiana Ferreira Mouzinho, no dia 09 de abril de 2019, foram condenadas a 34 anos de prisão pelo Júri Popular nesta quarta-feira (24), na cidade de Matinha, a 191 km de São Luís.

Tainara foi condenada a 18 anos e 8 meses de prisão. Já a condenação de Tainar foi de 16 anos e quatro meses. Ambas cumprirão as penas em regime fechado.

O julgamento estava acontecendo desde as 9 horas da manhã desta quarta-feira (24), no auditório do Sindicato dos Servidores Municipais de Matinha, localizado na rua João Amaral da Silva.

A defesa tentou levar o julgamento para São Luis ou adiar a sessão, mas todos os pedidos foram negados pelo juiz que comanda o caso,  Alistelman Mendes Dias Filho. Elas foram pronunciadas em agosto de 2019, pelo juiz Celso Serafim, após serem denunciadas pelo Ministério Público.

O crime

Nenhum comentário:

Postar um comentário