quarta-feira, 14 de julho de 2021

 

PSD respeitará relação de Edivaldo Holanda Júnior  com Flávio Dino…


     

O deputado federal Edilázio Júnior, presidente regional do PSD, afirmou nesta quarta-feira, 14, em entrevista ao quadro Bastidores, do programa Bom Dia Mirante, que vai buscar diálogo com todas as legendas.

Chamou atenção, no entanto, o tom amistoso que o parlamentar usou para tratar da relação do ex-prefeito Edivaldo Júnior – nome do partido à disputa de 2022 – com o governador  Flávio Dino (PSB).

– Eu, Edilázio, como representante do povo, seguirei sendo oposição ao governo Flávio Dino. Com relação ao Edivaldo, essa é uma decisão dele, o PSD é um partido democrático e se o Edivaldo decidir manter uma boa relação com o governador, isso não será problema algum – afirmou.

blog Marco Aurélio D’Eça já havia adiantado que a entrada de Edivaldo no PSD não significaria que ele estaria automaticamente na oposição ao governo.

Na semana passada, em conversa com o secretário de Cidades, Márcio Jerry, o titular do blog ouviu que esperava qual seria a postura – “não de Edivaldo, mas de Edilázio” – para tratar da relação com o ex-prefeito como candidato a governador.

A possibilidade de ele ser uma espécie de terceira via do governo foi exposta no post “Flávio Dino ainda espera posição política de Edivaldo Júnior”.

– Palácio dos Leões não quer estimular rompimento com o ex-prefeito e aposta, até, em uma redução dos ataques do deputado Edilázio Júnior, um dos mais ácidos críticos do governo – adiantou o subtítulo do post.

Mas apesar do tom menos ferino em relação a Flávio Dino, Edilázio mostra-se aberto a outros partidos, inclusive os da oposição, com quem pretende conversar.

– Vamos abrir diálogo com todos os partidos e buscar uma chapa forte para 2022, para sairmos vitoriosos – destacou.

blog Marco Aurélio D’Eça também já havia adiantado que o PSD vinha buscando diálogo com PV, MDB e PSC, partidos que fazem oposição a Flávio Dino.

De qualquer forma, Edivaldo Júnior passou a ser o pré-candidato a governador com movimentação mais intensa desde a reunião de Flávio Dino com os partidos da base.

Para quem entrou na disputa com índices de primeiro pelotão nas pesquisas esse é um trunfo importante.


Fonte: O blog Marco Aurélio D’Eça 



Nenhum comentário:

Postar um comentário