terça-feira, 8 de junho de 2021

 

Prefeitura de Ribamar apresenta relatório do primeiro quadrimestre de 2021 à Câmara


O Relatório de Gestão da Saúde referente ao primeiro quadrimestre de 2021 foi apresentado pela prefeitura, nesta terça-feira, 08, durante sessão virtual com representantes da Câmara de São José de Ribamar.


O secretário André Siqueira, titular da Secretaria Municipal de Planejamento, Administração e Finanças (Sempaf), mostrou as ações, o diagnóstico e o balanço orçamentário.

O relatório foi feito com base na Lei de Responsabilidade Fiscal, que prevê até o final dos meses de maio, setembro e fevereiro, o Poder Executivo demostrará e avaliará o cumprimento das metas fiscais de cada quadrimestre, nas casas legislativas estaduais e municipais.

Neste ano, devido à pandemia do novo coronavírus, a audiência pública foi transmitida pelos canais oficiais da Casa na internet. 

De acordo com balanço orçamentário, ficou evidenciado o esforço na Prefeitura no aumento da arrecadação e principalmente na aplicação dos recursos, nas áreas de Saúde e Infraestrutura.

Cumprindo a legislação

Presente no encontro virtual, o prefeito Júlio Matos – o Dr. Julinho, destacou que mesmo com a pandemia e a crise tributária, a prefeitura trabalhou diuturnamente.

“Esta audiência serve para que a gestão possa cumprir a legislação. Em quatro meses, nós avançamos com a arrecadação de tributos. A saúde também recebeu uma atenção especial com a valorização dos médicos e melhoria no atendimento e outros setores do hospital. Ações de trafegabilidade e a desobstrução de canais também foi um ponto importante nesses meses. Diversos trabalhos foram realizados e conto com o Legislativo Municipal para que a população tenha melhoria na qualidade de vida”, relatou o chefe do executivo ribamarense.

Sugestões e elogios

Durante a sessão, vários vereadores se manifestaram para elogiar, sugerir e pedir esclarecimentos sobre os assuntos abordados no encontro. Além disso, a audiência também contou com a participação de vários internautas que se manifestavam, por meio de comentários na plataforma de transmissão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário