Páginas


sábado, 10 de abril de 2021

O professor Antônio Augusto Brandão Frazão, da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UEMASUL) e de instituições da rede particular de ensino. Ele morreu neste sábado (10) em Imperatriz.

O Maranhão confirmou mais 47 mortes e 732 novos casos de covid-19. O total de óbitos chegou a 6.512. Uma das vítimas fatais da doença é o professor Antônio Augusto Brandão Frazão, da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UEMASUL) e de instituições da rede particular de ensino. Ele morreu neste sábado (10) em Imperatriz.

Foram registrados 161 novos casos na região metropolitana de São Luís, 129 em Imperatriz e 442 nas demais regiões. O total de casos confirmados chegou a 248.479.

17.137 pessoas estão com o vírus ativo. 15.651 estão em isolamento domiciliar, 907 encontram-se em leitos de enfermarias e 579 em leitos de UTIs.

As 47 mortes confirmadas ocorreram nas seguintes cidades: São Luís (9), Imperatriz (6), Codó (2), Itapecuru Mirim (2), Paraibano (2), Poção de Pedras (2), Santa Inês (2), São José de Ribamar (2), Timon (2), Zé Doca (2), Açailândia (1), Buriticupu (1), Cururupu (1), Governador Edson Lobão (1), Montes Altos (1), Paço do Lumiar (1), Paulo Ramos (1), Pedreiras (1), Porto Franco (1), Santa Helena (1), Santa Luzia (1), São Mateus do Maranhão (1), São Pedro da Água Branca (1), Trizidela do Vale (1), Vitória do Mearim (1), Vitorino Freire (1).

Mais 402 pessoas se recuperaram da doença. No total, 224.830 infectados conseguiram vencer o vírus.

2.797 pessoas são suspeitas de infecção e aguardam resultados de testes.

Ocupação de leitos

Na região metropolitana de São Luís, 92,62% dos leitos de UTI estão ocupados, sendo que 20 estão livres. Os leitos de enfermaria têm 88,85% de ocupação, sendo que 104 estão livres.

Em Imperatriz, a taxa de ocupação dos leitos de UTI é de 90,28%, sendo que 7 estão livres. Os leitos de enfermaria têm 66,49% de ocupação, sendo que 65 estão livres.

Nas demais regiões, 53,91% dos leitos de UTIs estão ocupados, sendo que 112 estão livres. A ocupação de leitos de enfermaria é de 38,32%, com 338 livres.

Professor Frazão, da UEMASUL, morre aos 67 anos

O professor universitário Antônio Augusto Brandão Frazão, conhecido como professor Frazão, de 67 anos, morreu neste sábado (10) vítima de complicações da Covid-19 em Imperatriz, cidade localizada a 629 km de São Luís.

Antônio Frazão estava internado há alguns dias no Hospital Macrorregional Ruth Noleto, em Imperatriz, após testar positivo para o novo coronavírus.

Natural de Santarém, no Pará, Antônio Frazão consolidou sua carreira profissional em Imperatriz. Ele era químico toxologista, filoterapeuta, pesquisador de botânica e era professor da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UEMASUL) e de instituições da rede particular de ensino.

A UEMASUL emitiu uma nota de pesar lamento a morte do professor Antônio Frazão. A instituição afirmou que ele foi responsável para a formação de diversos profissionais e pela valorização dos elementos naturais da região.

Veja a nota na íntegra abaixo:

Nota de pesar da UEMASUL sobre a morte do professor Frazão

“A UEMASUL se solidariza aos familiares e amigos pelo falecimento do professor Antônio Augusto Brandão Frazão, ocorrido hoje, dia 10 de abril de 2021. O Professor do Centro de Centro de Ciências Exatas, Naturais e Tecnológicas da UEMASUL era referência na região na pesquisa da ação farmacológica de medicamentos fitoterápicos. Professor Frazão, como era carinhosamente conhecido, se tornou figura popular em Imperatriz e contribuiu com a formação de diversos profissionais. Comprometido com sua missão de ensinar, o professor marcou gerações dentro e fora de sala de aula. Sua contribuição para a educação e para a valorização dos elementos naturais e regionais estão presentes em amigos, alunos e profissionais que tiveram em suas trajetórias a doação de conhecimento do professor Antônio Augusto Brandão Frazão.”

Com informações do Gilberto Lima 

Nenhum comentário:

Postar um comentário