Páginas


quarta-feira, 31 de março de 2021

Novas informações sobre a morte do  vereador Batista Matos que morre de covid-19 em São Luís

O vereador João Batista Matos Viana Pereira, de 46 anos, morreu na manhã desta quarta-feira (31), em São Luís, em decorrência de complicações da covid-19.

O vereador era jornalista/radialista formado pela Universidade Federal do Maranhão (Ufma) e trabalhou em jornais e rádios em São Luís.

Pelas informações da assessoria do vereador, às 13h sairá um cortejo da Praça do bairro Alemanha. O sepultamento ocorrerá às 15h no cemitério Jardim da Paz, na Estrada de Ribamar.

Confira a nota divulgada pela assessoria do vereador

NOTA DE FALECIMENTO E PESAR*

“Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. 8 Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele Dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.” (2 Timóteo 4:7-8)

É com imensa tristeza e consternação que a assessoria e a família comunicam o falecimento do nosso irmão em Cristo e eterno Vereador João Batista Matos Viana Pereira, ocorrido no início da manhã desta quarta-feira, 31 de março de 2021, em decorrência de complicações pela Covid-19.

Nesse momento de extrema dor, pedimos as orações e a consolação do ESPÍRITO SANTO de DEUS sobre sua amada esposa Liana Ramalho, filhos Samuel e Daniel Matos, sua mãe D. Clenir, parentes, irmãos em Cristo e amigos.

“Preciosa é à vista do Senhor a morte dos seus santos”. (Salmos 116:15)

Nota da Rádio Timbira AM

A Rádio Timbira AM lamenta profundamente a morte do radialista, jornalista e vereador João Batista Matos, ocorrida nesta manhã de quarta-feira (31), em decorrência de complicações da Covid-19.

Batista Matos se destacou como jornalista em São Luís desde a década de 90, trabalhando em vários jornais, rádios e emissoras de TV. Foi também secretário de Comunicação de São Luís.

O radialista compôs a Rádio Timbira, na apresentação dos programas Bom Dia 1290 e Redação 1290, entre os anos de 2017 e 2018, contribuindo com a análise de fatos jornalísticos e eventos políticos do estado e do país.

Sua simplicidade, profissionalismo e compromisso com as comunidades ficam como legado para o jornalismo maranhense.

A Rádio Timbira, por meio da direção e conjunto de colaboradores, se solidariza com familiares e amigos de Batista Matos nesse momento de dor e perda.

Rádio Timbira AM

Sobre Batista Matos

Natural de São Luís (MA), João Batista Matos Viana Pereira, mais conhecido como Batista Matos, de 46 anos, era casado e atuava como jornalista e redator.

Formado em Rádio e TV pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), atuou nos jornais O Estado do Maranhão, O Imparcial e nas rádios Mirante AM, FM Esperança e Rádio Timbira AM.

Militante nos movimentos comunitários e religiosos ligados a defesa da criança, Batista Matos foi vice-presidente do Conselho Municipal da Criança e Adolescente (CMDCA) e tem atuação na região da Madre Deus, em São Luís.

Desde quando se candidatou a primeira vez para disputar um cargo político, em 2004, Batista Matos já integrou cinco partidos diferentes, somadas as seis disputas. Em 2004, foi candidato a vereador pelo Partido Liberal (PL). Já em 2008, concorreu pelo Partido Popular Socialista (PPS), ficando como suplente.

Assim como em 2008, Batista Matos foi suplente outras três vezes: em 2012, disputando novamente pelo PPS; em 2016, ao concorrer pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB); e em 2018, ao concorrer a deputado federal pelo Partido Trabalhista Cristão (PTC).

Em 2020, disputou as eleições de São Luís para vereador pelo Patriota. Em sua campanha, destacou a criação da Feira Afro Ludovicense e abordou sobre o estímulo ao empreendedorismo na cultura e na educação.

Batista Matos foi, também, secretário de comunicação da Prefeitura de São Luís, no primeiro mandato (2012-2016) do atual prefeito Edivaldo Holanda (PDT) e secretário adjunto de esporte, na gestão do ex-prefeito João Castelo (PSDB).

Eleições 2020

Batista Matos integra lista de 14 nomes da renovação de 46% na Câmara de Vereadores de São Luís. Eleito pela primeira vez em 2020, recebeu 2.506 votos.

Por Gilberto Lima 

Nenhum comentário:

Postar um comentário