Páginas


sábado, 20 de fevereiro de 2021

 

Vídeo da “Pequena Professora Érica” sensibiliza e ocupação vai ganhar escola e casas dignas em Coelho Neto




O governador Flávio Dino(PCdoB) postou nesta terça-feira (16) em seu Twitter a ida do vice-governador Carlos Brandão (Republicanos) e do secretário de Educação, Felipe Camarão, ao município de Coelho Neto, distante 370 km de São Luís, para o anúncio oficial da construção de mais uma escola digna.

Mais uma, vírgula!

Ninguém questiona a importância de cada escola digna que tem sido entregue no Maranhão, mas essa tem um simbolismo ainda maior: vai ser construída numa ocupação que abriga a escolinha da “Professora Érica”, de 12 anos, filha de uma catadora de lixo, viralizada por meio de uma emocionante reportagem da jornalista Neyara Pinheiro, de Teresina.

O projeto da “Pequena-grande Érica”, como foi chamada pela repórter, começou numa brincadeira nos dias mais difíceis da pandemia. Uma brincadeira que virou tão séria quanto as frases e falas da Érica durante a reportagem, a exemplo da seguinte aspas:

Toda criança tem o direito de estudar, toda criança tem o direito de brincar e mesmo você tendo o papel de adulto, é como minha mãe fala:

– Érica, não deixe! Você nunca vai deixar de ser criança. Não quero te ver preocupada com outras coisas: você tem que brincar, tem que se divertir, tem que sair para lanchar, para ir ao parque…, você é uma criança. Você está fazendo esse papel de adulto, mas você sempre vai ser uma criança.”

Sensibilizado, como todos que viram a reportagem (reveja abaixo), o Governo do Estado, decidiu não somente pela dignidade por meio da educação ou pelo direito das crianças serem crianças, mas muito mais do que isso: resolveu realizar o sonho de uma vida digna dos pequenos e pais dessa comunidade carente que inclui desde as casas para essas famílias à escola digna, propriamenteCategorias

Nenhum comentário:

Postar um comentário