sábado, 6 de fevereiro de 2021

 Mais um Delegado morre em São Luís do Maranhão destaa vez foi o Delegado  Marco Antônio; O último foi o delegado Antônio Carlos Martins Júnior, da Polícia Civil do Maranhão, morreu, na manhã deste sábado (30); Ele era chefe do setor de inteligência da SSP


O delegado Marco Antônio Fonseca, de 55 anos, morreu neste sábado (6), por volta das 19h30, após lutar por mais 30 dias contra complicações da doença.

Ele estava internado no hospital São Domingos, em São Luís.

Marco Antônio Fonseca foi o delegado que atuou no caso do assassinato do jovem advogado Brunno Matos, morto a facadas por Diego Polary, no Olho D´Agua, em São Luís.

Ele também teve atuação em outros casos de grande repercussão no Maranhão.

Marco Antônio Fonseca é irmão do juiz Marco Adriano Ramos Fonseca e do promotor Marco Aurélio Ramos Fonseca.

Não vai ocorrer cerimônia de despedida por conta dos protocolos da covid-19.

Em menos de 10 dias, é o segundo delegado que perde a batalha contra a covid-19 no Maranhão. No dia 30 de janeiro, o delegado Antônio Carlos Martins Júnior, então chefe do setor de Inteligência da SSP, morreu em decorrência de complicações da doença.

Com informações de Diego Emir

Postagem relacionada:

Delegado morre por complicações da covid-19 em São Luís

O delegado Antônio Carlos Martins Júnior, da Polícia Civil do Maranhão, morreu, na manhã deste sábado (30), por complicações causada pela covid-19.

Ele era chefe do setor de inteligência da SSP e estava internado no Hospital UDI. 

Em um grupo de WhatsApp, um amigo do delegado disse: “Ele era quem mais se cuidava. Quando a pelada da Adepol retornou com o afrouxamento das medidas, ele era um dos únicos que ainda usava máscara no pós-jogo. Um cara muito parceiro e educado”.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) e o Sindicato dos Policiais Civis do Maranhão (SINPOL) divulgaram nota lamentando a morte do delegado.

Nota de Pesar da SSP

A Secretaria de Segurança Pública do Estado do Maranhão externa profundo pesar pela morte do Delegado de Polícia Civil, Antônio Carlos Martins Júnior que faleceu na manhã deste sábado (30).

Servidor que exerceu com zelo e dedicação o seu trabalho de servir à sociedade maranhense. O Sistema de Segurança Pública Maranhense se solidariza com seus familiares, amigos e colegas, neste momento de dor e consternação.

Nota de Pesar do SINPOL

O Sindicato dos Policiais Civis do Maranhão, SINPOL MA, lamenta profundamente a morte do delegado de Polícia,  Antonio Carlos Martins, vítima de complicações da covid 19.

Homem íntegro que abraçou sua missão com respeito e lealdade em todos os anos que fez parte da Polícia Civil do Maranhão.

Quando morre um agente de segurança pública, familiares, amigos e toda a sociedade perdem.

Que haja consolo suficiente para todos, neste momento de grande dor.

A diretoria

Por Gilberto Lima 


Nenhum comentário:

Postar um comentário