terça-feira, 22 de dezembro de 2020

Gestão de resíduos: mais um importante legado de Edivaldo Holanda Júnior em São Luís 

Os Ecopontos são equipamentos públicos onde a população pode fazer a entrega voluntária de materiais recicláveis, evitando o descarte irregular nas vias públicas e o desperdício de matéria-prima. Os equipamentos são construídos estrategicamente em áreas que já foram usadas para o descarte irregular de resíduos sólidos.

Os equipamentos ainda geram emprego e renda já que parte dos recicláveis são entregues às cooperativas de catadores, aumentando a produção e os ganhos destas entidades. Os Ecopontos funcionam de segunda-feira à sábado, das 7h às 19h. Além de materiais recicláveis, a população pode fazer o descarte de restos de poda e capina, entulho de obras e eletrodomésticos avariados.

Entre os avanços no setor destaque para o Centro Ambiental Ribeira – São Luís. No local, onde antes funcionava um lixão, foram instalados um Galpão de Triagem de Materiais Recicláveis, um Pátio de Compostagem de Resíduos Orgânicos e uma Usina de Beneficiamento de Resíduos da Construção Civil que vão garantir o reaproveitamento de 7.300 toneladas de resíduos por mês. Além disso, o Centro de Educação Ambiental também implantado na área vai fortalecer as políticas de incentivo à reciclagem na capital.

O município de São Luís dispõe, ainda, do serviço de Coleta Seletiva Domiciliar por agendamento. Por meio deste serviço, o cidadão pode entrar em contato com uma central de atendimento e agendar o recolhimento domiciliar dos materiais recicláveis já devidamente separados. Vale lembrar também que, ao longo de 2020, foram instaladas 10 mil lixeiras em toda a cidade para garantir o descarte ambientalmente adequado dos resíduos sólidos.

Os investimentos feitos pelo prefeito Edivaldo na gestão de resíduos sólidos garantiram que São Luís se tornasse referência nacional no setor, sendo a cidade do Nordeste com maior taxa de reciclagem, cerca de 5,5%, segundo dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS).

SAIBA MAIS

Materiais recebidos nos Ecopontos

ELETRÔNICOS: televisão, monitores, celular, impressoras, mouses, teclados, etc – até três unidades

ENTULHO: resíduos de construção civil, como tijolos, telhas, gessos etc – até 2m³ (volume de uma caixa d’água de 2 mil litros)

MADEIRAS: até 2m³ (volume de uma caixa d’água de 2 mil litros)

ÓLEO DE COZINHA: até 5 litros

PNEUS: até 4 unidades

PODAS DE ÁRVORE E RESTO DE CAPINA: até 2m³ (volume de uma caixa d’água de 2 mil litros)

RECICLÁVEIS: plástico, papel, isopor, metais, vidros, etc (até 300 litros – 3 sacos grandes)

VOLUMOSOS: móveis, sofás, colchão etc (até dois volumes)

Que materiais os Ecopontos não recebem

  • Lixo doméstico

Animais mortos

Resíduos hospitalares

Resíduos perigosos/contaminados: pilhas, baterias, lâmpadas, cartuchos/tonner, etc

Qual o horário de funcionamento dos Ecopontos?

Segunda-feira a Sábado, das 7h às 19h

Informações:

Central de Atendimento do Comitê Gestor de Limpeza Urbana: 0800 098 1636

Nenhum comentário:

Postar um comentário