quarta-feira, 17 de junho de 2020

Senador Roberto Rocha usa morte de ex-assessor para atacar Flávio Dino e leva invertida de jurista
do Blog Marrapá

O senador Roberto Rocha parece que perdeu todos os escrúpulos em nome da politicagem na sua sanha em atacar Flávio Dino.

Em mais uma de suas postagens realizadas nas madrugadas brasilienses, feita por volta das 2h da madrugada desta quarta-feira (17), RR cobra do governador um assunto que está no Judiciário. 

O senador cobrou de Dino justiça no Caso Brunno Matos, advogado e seu ex-assessor que foi assassinado covardemente quando saia da sua festa de comemoração pela eleição ao Senado.

O assassino, Diego Polary, foi condenado a 10 anos de prisão, mas permanece em liberdade.

A resposta a Rocha veio na própria postagem e foi feita por um assessor jurídico do Tribunal de Justiça do Maranhão.

“Senador, tenho grande respeito pelo Sr. Mas, nesse caso, respeitosamente, devo discordar da sua cobrança e posicionamento. O Poder Executivo não possui vínculo com a questão”, disse o internauta.

“A ação penal contra os possíveis responsáveis por esse crime é responsabilidade do Poder Judiciário. Todos já foram julgados pelo Tribunal do Júri popular. O Tribunal de Justiça do Maranhão, igualmente, cumprindo o seu dever, já efetuou o julgamento dos recursos interpostos pelo Ministério Público e pelos réus, inclusive aumentando a pena imposta pelo juízo de primeiro grau. Agora o processo está em grau de recurso para os Tribunais Superiores (STJ e STF)”, explicou o jurista.

“O Governador do Estado do Maranhão não possui nenhuma responsabilidade ou vinculação com a questão. Questionamento vazio esse. Melhor efetuar a cobrança ao Poder Judiciário”, completou o assessor jurídico.


E, assim, Roberto Rocha passou mais um vexame nas redes sociais.

Com informações do Gilberto Lima 


Nenhum comentário:

Postar um comentário