quinta-feira, 14 de maio de 2020

Homem acusado de ameaçar o juiz Douglas Martins é preso no Paraná
A Polícia Civil prendeu, nesta terça-feira (12), um maranhense acusado de ter praticado as ameaças de morte contra o juiz Douglas de Melo Martins, responsável por determinar o lockdown na Ilha de São Luís.

A prisão foi efetuada na cidade Curitiba pela Polícia Civil do Paraná. As investigações foram conduzidas pela Superintendência de Investigações Criminais do Maranhão (SEIC).

O delegado Armando Pacheco informou que existia uma investigação, iniciada em dezembro de 2019, em relação às ameaças que o juiz Douglas de Melos Martins estava sofrendo nas redes sociais.

As primeiras ameaças surgiram por conta de decisões do magistrado referente ao concurso da Polícia Militar do Maranhão.

Já nos últimos dias, as ameaças voltaram e o acusado chegou a publicar que mataria o juiz Douglas Martins, caso ele não voltasse atrás na sua decisão de decretar o lockdown. O magistrado formulou a denúncia ao Tribunal de Justiça do Maranhão.

Com as novas publicações, o delegado Armando Pacheco informou que foi identificado que se tratava de um mesmo perfil, que já tinha feito ameaças em dezembro de 2019.

O homem, que não teve a identidade revelada, será acusado de coação no curso do processo e também por ameaça. A pena por esses crimes poderá chegar a cinco anos de detenção.

A Secretaria de Segurança do Maranhão (SSP) está tentando a transferência do acusado, mas depende da oferta de voos. Caso não consiga a imediata remoção, ele será ouvido, ainda hoje, Polícia Civil do Paraná.

Nenhum comentário:

Postar um comentário