quarta-feira, 1 de abril de 2020

Coronavírus: Empresa Eneva soma esforços contra o coronavírus no Maranhão


A Eneva, empresa de geração, exploração e produção de petróleo e gás natural e comercialização de energia elétrica com forte atuação no Estado está empenhada  em ajudar a combater o Covid-19 no Maranhão e em outros Estados da Federação, como Amazonas, Ceará, Roraima e Rio de Janeiro, onde também mantém operações.
Serão doados 25 aparelhos de ventilação pulmonar, que custam algo em torno de R$ 1,5 mi e ajudarão a salvar vidas, principalmente de pacientes em estado critico de grave crise de respiração.
Os equipamentos estão sendo adquiridos pela empresa e serão repassados aos Governos Estaduais conforme entregas dos fornecedores. As entregas estão programadas para serem feitas em abril e maio, por conta da grande demanda recebida por fornecedores em todo o Brasil.
A Eneva também está distribuindo durante a semana cerca de 3500 kits com sabonete, sabão líquido e máscaras para as comunidades localizadas próximas as suas operações em São Luís, Santo Antônio dos Lopes, Capinzal, Lima Campos, Pedreiras,  Trizidela do Vale e Paço do Lumiar, no Maranhão, além de outros municípios no Ceará, Roraima e Amazonas.
“Entendemos que nós, empresas, precisamos nos unir aos Governos e sociedade civil para combater esse vírus que nos assola. A Eneva não poderia deixar de ser solidária e responsável neste momento de urgência, principalmente com os nossos colaboradores e com as comunidades que estão próximas as nossas operações. Estamos redobrando nossos cuidados e atenção para manter as operações essenciais de fornecimento de energia, sem descuidarmos do bem-estar das pessoas”, explicou o presidente da Eneva, Pedro Zinner.
Como a empresa tem o compromisso de fornecer energia às regiões Norte e Nordeste do país, as operações seguem de forma adaptada ao atual momento.
Para garantir segurança e tranquilidade aos seus colaboradores, a Eneva também está adquirindo dois mil testes do covid-19.
Além disso, a empresa adotou uma série de medidas nas unidades operacionais, mantendo um rigoroso protocolo de proteção dos colaboradores para evitar a propagação do coronavírus. Entre as iniciativas, destaque para a alteração da escala de trabalho nas áreas operacionais, o aumento da quantidade de ônibus com taxa de ocupação dos colaboradores reduzida pela metade, o acompanhamento diário pela área de Saúde, com medição da temperatura corporal e informações massivas de cuidados e higiene, e o distanciamento nos refeitórios e áreas comuns nas unidades operacionais.
Já os colaboradores da área administrativa da sede e das unidades operacionais estão em home office.
“Estamos seguindo todas as recomendações dos órgãos oficiais de saúde nacionais e internacionais, implantando as medidas preventivas para conter o avanço do coronavírus, sem esquecer do nosso papel crítico de garantir energia para a sociedade”, complementa Zinner.

Nenhum comentário:

Postar um comentário