domingo, 12 de abril de 2020

Barbaridade: Filho mata a própria mãe no Maranhão 
A mulher identificada como Bárbara Lima de Oliveira, de 56 anos, foi morta pelo próprio filho, Elielton Barbosa dos Santos. O crime aconteceu por volta das 02h30 da madrugada deste domingo (12), na Rua 07, no bairro Cidade Nova, em Timon, a 428 km de São Luís. Ela morreu no local após ser esfaqueada.

Ao chegarem ao local, os policiais encontraram Bárbara Oliveira deitada ao chão. O Samu foi chamado e constatou que ela já estava morta. Bárbara era tesoureira da Associação dos Pescadores de Timon.

Ainda no local, os policiais militares foram informados que o filho da vítima, que seria usuário de drogas, era o suspeito. A morte supostamente teria acontecido após a mãe ter se negado a entregar dinheiro ao acusado.

Policiais militares fizeram várias rondas nos arredores do fato para tentar prender o acusado, mas não obtiveram sucesso. Entretanto, por volta das 6h da manhã, o acusado, por conta própria, se entregou no 11º BPM em Timon.

O acusado negou o crime. De acordo com informações do delegado Joelson Silva, da Delegacia de Homicídios de Timon, Elielton Santos afirmou que o companheiro da mãe é que seria o autor.

“Mas as declarações dele não nos convenceu, pois o companheiro dela ficou no local até a chegada a polícia, enquanto o filho fugiu. Além disso, há relatos de que ele tinha histórico de violência em casa e que vítima vivia escondendo as facas de casa com medo dele. Entretanto, agora vamos instaurar os procedimentos investigatórios com a polícia técnica que vai nos trazer os elementos esclarecedores do crime”, explicou o delegado.


“Este é o típico exemplo de crime que a gente da polícia militar não tem como evitar, pois não havia nenhuma recomendação da família que pudesse ocorrer essa tragédia e não temos como imaginar que isso vai acontecer”, disse o coronel Ribeiro, comandante da PM em Timon.

Com informações do Gilberto Lima 

Nenhum comentário:

Postar um comentário