sábado, 1 de fevereiro de 2020

Operações da Segurança Pública reduzem criminalidade na Região Metropolitana
O delegado Carlos Alessandro comanda a Superintendência
de Polícia Civil da  Capital (SPCC)

O plano de operações desenvolvido pela Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC) culminou com a redução de crimes diversos  e aumento do número de suspeitos presos. Nos últimos cinco meses, somaram 288 pessoas detidas por envolvimento em roubos e furtos a residências e veículos, sequestro, assaltos, homicídio, organização criminosa, tráfico de drogas, estupro, entres outros. 

O resultado representa 16,2% de redução nestas ocorrências, na Região Metropolitana de São Luís, e é fruto da atuação da SPCC e equipes das delegacias de Roubos e Furtos (DRF) e Roubos e Furtos de Veículos (DRFV).

Em uma das ocorrências, as equipes da SPCC prenderam dois suspeitos de sequestro, recuperaram R$ 15 mil pagos no resgate e libertaram duas pessoas feitas reféns. O caso ocorreu na manhã do dia 29 do mês passado, no bairro Vila Embratel, resultando em troca de tiros entre polícia e suspeitos. Um dos sequestradores foi atingido fatalmente. A ação teve apoio do Grupo de Resposta Tática (GRT), da Superintendências Especial de Investigação Criminal (SEIC) e serviços de inteligência das polícias Civil e Militar.

“O trabalho é permanente e, encerrando uma operação, imediatamente colocamos em prática outro planejamento. A polícia não para e trabalha em conjunto para que estes e outros crimes sejam controlados. Temos conseguido êxito que se materializa com as estatísticas mostrando redução da violência e da criminalidade na Grande Ilha”, pontuou o titular da SPCC, delegado Carlos Alessandro Rodrigues. Nas mais de 280 prisões, estão incluídos mais de 150 preventivas, mais de 40 flagrantes, prisões por sentença condenatória (38) e temporárias (18).

O montante de prisões se deve à promoção de um conjunto de operações direcionadas como a ‘Demolição’, realizada no bairro São Raimundo, que resultou na prisão de 16 integrantes de grupos criminosos; a ‘Derrama’, na Cidade Olímpica e adjacências, que teve outros 45 suspeitos detidos; a ‘Persecuti’, na qual 15 membros de facção criminosa foram detidos; e na operação ‘Desmonte’, várias prisões de assaltantes que agiam na região da Vila Maranhão e Estiva.


Denúncias chegaram ainda por meio do canal WhatsApp da SPCC, que recebe informações de suspeitos, situações de risco e demais ocorrências de crimes. O número é o (98) 98418-5661 e funciona 24h por dia. Uma vez denunciada, a informação é encaminhada ao setor competente e garante o anonimato do denunciante.

Fonte: Gilberto Lima 

Nenhum comentário:

Postar um comentário