segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Prefeitura de Ribamar e Governo do Estado realizam capacitação do Juventude Viva

Juventude Viva SJR
A Prefeitura de São José de Ribamar recebeu na Agencia do Trabalho na última sexta-feira (22) a capacitação de servidores da Secretaria Municipal de Juventude, através do Juventude Viva, proporcionado pelo Governo do Estado relacionado, projeto que é realizado em parceria com a Secretaria Nacional de Juventude, a partir do Plano de Prevenção à Violência Contra a Juventude Negra.
O projeto, que conta com capacitações e criação de comitês municipais de enfrentamento a violência, visa criar condições para superação dos impactos psicossociais gerados em famílias, combatendo o racismo institucional, a padronização da violência e a estigmatização do jovem negro.
A formação contou com a presença da secretária de estado extraordinária da Juventude, Tatiana Pereira, que conduziu uma palestra sobre o espaço dos jovens negros na sociedade, além de promover uma reflexão sobre a atuação dos agentes públicos no combate ao racismo institucional.
O prefeito Eudes Sampaio visitou a capacitação e aproveitou para parabenizar o trabalho eficiente realizado pelo Governo do Estado, além do empenho e disposição dos servidores da Secretaria Municipal da Juventude (Semjuv) no acolhimento das informações transmitidas durante a capacitação. “Essa capacitação é muito importante para a atuação da secretaria da juventude em nosso município. Devemos sempre estar abertos a novos conhecimentos e perspectivas e só podemos agradecer pelo trabalho apresentado pela secretaria de estado Tatiana Pereira”, lembrou Eudes Sampaio.
O evento foi também para a realização da assinatura do decreto n°1624, que propõe a adesão do município ao Plano Juventude Viva e decreta a instituição do Comitê Gestor Intersetorial do Plano Juventude Viva em São José de Ribamar (Complajuv), com o objetivo de implementar e monitorar a execução do Plano no município. O comitê será composto por 15 membros, sendo cinco da esfera estadual, cinco do poder publico municipal e cinco da sociedade civil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário