sexta-feira, 25 de outubro de 2019

Emendas de Bancada: Márcio Jerry explica situação dos R$ 247 milhões e faz apelo para bom senso


O deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) usou as redes sociais para explicar o impasse que está ocorrendo em relação às Emendas de Bancada que podem fazer o Maranhão perder R$ 247 milhões em investimentos.

“13 (3 senadores e 10 deputados federais) dos 21 parlamentares da bancada do MA no Congresso Nacional apresentaram proposta de emenda ao orçamento da União destinando recursos para rodovias (DNIT), projetos (DNIT e Codevasf), Saúde (Estado do Maranhão) e internet em 400 escolas (Telebrás)”, explicou.

“A emenda para ser acolhida precisa da assinatura de 14 deputados federais e de pelo menos 2 senadores. No senado houve consenso entre os três e os senadores Roberto Rocha, Eliziane Gama e Weverton Rocha assinaram a destinação dos recursos para o Maranhão”, continuou.

“Já na Câmara 10 deputados assinaram: André Fufuca, Bira do Pindaré, Gil Cutrim, Pedro Lucas Fernandes, Márcio Jerry, Cleber Verde, Gastão Vieira, Juscelino Filho, Zé Carlos e João Marcelo. A ausência de pelo menos mais 4 impede que o Maranhão receba 247 milhões de reais”, esclareceu.

“Continuamos buscando construir uma saída para esse impasse, dialogando para termos a assinatura de mais 4 deputados, evitando assim que o Maranhão perca 247 milhões. O apelo é ao bom senso, à responsabilidade com o Maranhão e ao respeito democrático à maioria da bancada”, completou.


Não assinaram e podem fazer o Maranhão perder R$ 247 milhões os seguintes deputados: Aluísio Mendes (PSC), Eduardo Braide (PMN), Edilázio Júnior (PV), Hildo Rocha (MDB), Josimar de Maranhãozinho (PL), Júnior Lourenço (PL), Marreca Filho (Patriota) e Pastor Gildenemyr (PL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário