sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Por G1
Queimadas na Floresta Amazônica — Foto: Nacho Doce/Reuters
Os dez municípios que tiveram mais focos de incêndios florestais em 2019 também são os que tiveram as maiores taxas de desmatamento. Este é o resultado de um estudo apresentado pelo Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM) nesta semana.
Para isso, os cientistas avaliaram a relação entre:
  • Focos de incêndio, com base em dados de satélite;
  • Acumulado de chuvas, com base em um sistema com resolução de aproximadamente 5 km;
  • Desmatamento, com base no sistema SAD, do Imazon.
De acordo com o novo relatório, a Amazônia está queimando mais em 2019. O instituto diz que "o período seco, por si só, não explica este aumento". O número de focos de incêndio, para a maioria dos estados da Amazônia, já é o maior dos últimos quatro anos.
Os dez municípios da região amazônica que mais registraram queimadas representam 37% dos focos de calor e 43% do desmatamento detectado até julho. Os registros são maiores nos estados do Acre, Amazonas, Mato Grosso, Rondônia e Roraima.
10 municípios com mais focos
MunicípioEstadoFocosDesmatamento (km²)
ApuíAM1754151,0
AltamiraPA1630297,3
Porto VelhoRO1570183,5
CaracaraíRR137916,0
São Félix do XinguPA1202218,9
Novo ProgressoPA117067,8
LábreaAM1170197,4
ColnizaMT86982,4
Novo AripuanãAM665122,3
ItaitubaPA61167,8

Nenhum comentário:

Postar um comentário