terça-feira, 20 de agosto de 2019

Irmãs acusadas de matar jovem em Matinha irão a Júri Popular


O juiz titular da Comarca de Justiça de Matinha/MA, Celso Serafim, decidiu levar a Júri Popular as irmãs Tainar dos Santos e Tainara dos Santos, acusadas de matar a jovem Kelrrey Daiana Ferreira Moizinho, de 25 anos. O crime aconteceu dia 09 de Abril deste ano, chocando o pequeno município localizado a 240 Km de São Luís. 
Kelrrey Daiana foi morta cruelmente com uma faca. As irmãs confessaram o crime logo após serem presas, alegando que agiram em legítima defesa. Porém, as contradições em seus depoimentos não convenceram a justiça.
A decisão de levar o caso a Júri Popular é fruto de uma ação movida pelo Ministério Público.  
“Em linhas gerais, as testemunhas/informantes de acusação/defesa e mesmo as acusadas narram o evento delituoso, inclusive confirmando a materialidade e a autoria, muito embora tenham levantando excludentes de ilicitude”, disse o magistrado ao proferir a decisão. 
Uma das irmãs acusadas, Tainar dos Santos, foi solta pelo Tribunal de Justiça por conta de ser mãe de um filho de 6 anos. Após o julgamento, ela deverá cumprir pena em regime fechado, se for condenada pelo crime. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário