segunda-feira, 8 de julho de 2019

Palácio dos Leões: De cercado por grades a recorde de visitações

O Palácio dos Leões passou muitos meses durante a gestão do governo Roseana cercado por grades e impedindo a população de visitá-lo. Em meio a uma série de manifestações, a então governadora preferiu isolar a sede do Executivo Estadual com barricadas e vários policiais.
A realidade do Palácio dos Leões começou a mudar desde que Flávio Dino assumiu o governo do Estado. Sem grades, uma das construções mais antigas de São Luís foi aberto para todos, turistas e maranhenses, e o museu voltou a ser local frequentado no Centro Histórico da capital.
Com o Maranhão na moda, como frisou Dino, o Palácio dos Leões chegou a uma marca expressiva no mês de junho de 2019, impulsionado pelo aumento de turistas e pelo sucesso do São João.
Em junho deste ano, 12.588 visitantes, entre turistas e maranhenses, passaram pelos salões e conheceram o acervo do prédio que é uma casa de cultura ligada à Secretaria de Estado da Cultura (Secma).
O último pico de visitantes foi registrado no mês de julho do ano passado, quando 11.120 visitantes passaram pelo local. No comparativo com o mês de junho de 2018, a quantidade de pessoas registrada este ano mais que dobrou. No mesmo período do ano passado, foram 6.068 visitas e as expectativas de público são ainda melhores.
Cerca por grades durante o regime oligárquico, o Palácio dos Leões agora é uma das principais atrações de São Luís.
Blog do Clodoaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário