window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-SS4D0CGZVY'); Pastor Moises Martins

Páginas


sexta-feira, 14 de junho de 2024

EXECUÇÃO

VÍDEO: Empresário Pacovan é morto a tiros em posto de combustível em Zé Doca

Josival Cavalcanti da Silva, conhecido como 'Pacovan', foi morto a tiros na tarde desta sexta-feira (14). Durante o crime, o motorista do empresário também foi baleado. A Polícia Civil investiga o crime.

O empresário Josival Cavalcanti da Silva, conhecido como "Pacovan", foi assassinado a tiros na tarde desta sexta-feira (14) em Zé Doca, cidade a 302 km de São Luís. O motorista dele também foi baleado durante a ação criminosa. A informação foi confirmada pelo delegado-geral da Polícia Civil do Maranhão, Jair Paiva.


Imagens divulgadas nas redes sociais mostraram o momento em que o empresário foi baleado (Veja o vídeo abaixo). Em um veículo Siena preto, dois homens chegam ao local, em um posto de combustíveis que pertencia ao empresário, localizado em Zé Doca.



Em seguida, os criminosos descem do carro e um deles, atira diversas vezes contra Josival Cavalcanti que estava de costas, dentro da conveniência do posto de combustíveis. Logo em seguida, o empresário cai no chão, os dois criminosos entram no veículo e fogem do local.

Durante a ação, o motorista de Josival Cavalcanti, que não foi identificado, também foi baleado. Após o crime, ambos chegaram a ser levados ao Hospital Regional de Zé Doca, mas o empresário não resistiu aos ferimentos e chegou sem vida no local. O motorista segue internado na unidade e não há informações sobre o seu estado de saúde. 


De acordo com o delegado, após o crime, os bandidos incendiarem o carro que foi usado no ação. O veículo foi encontrado em uma estrada vicinal em Zé Doca..

Segundo as investigações, o carro usado no assassinato do empresário tinha placas da cidade de Fortaleza, no Ceará, mas pode se tratar de um veículo clonado. 


A Polícia Civil segue realizando buscas na região para localizar os autores do homicídio. Há suspeita de que quatro pessoas estariam envolvidas no crime, mas isso ainda será investigado.


Condenações 


Josival Cavalcanti da Silva, conhecido como 'Pacovan', é conhecido por seu envolvimento em dezenas de crimes no Maranhão.


Em 2021, ele foi condenado com mais 21 pessoas, por crimes contra a ordem tributária, lavagem de dinheiro e formação de organização criminosa. Pacovan foi identificado como líder do grupo e foi sentenciado a dez anos, oito meses e 15 dias de prisão.

Segundo as investigações, os crimes de agiotagem foram praticados desde o ano de 2012, por meio de postos de combustíveis em São Luís e no interior do estado.


O nome de Josival Cavalcanti havia surgido durante as investigações do assassinato do jornalista Décio Sá, ocorrido em abril de 2012. Devido a morte do jornalista, foi descoberto um esquema de agiotagem praticado em mais de 40 prefeituras do Maranhão, com participação direta e indireta de vários gestores municipais, outros agiotas, policias, blogueiros e jornalistas. Ele chegou a ser preso durante algumas operações, mas sempre acabava sendo solto.



Veja o vídeo da excursão aqui no link do g1-MA





Nenhum comentário:

Postar um comentário