window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-SS4D0CGZVY'); Pastor Moises Martins

Páginas


quarta-feira, 3 de abril de 2024

Homem mata o próprio irmão a facadas em Arari

Um homem assassinou o próprio irmão, na manhã desta terça-feira (2), na cidade de Arari, na Baixada Maranhense. A vítima estava deitada em uma rede e foi esfaqueada pelo acusado, que foi preso logo em seguida na sala da casa. O crime aconteceu no bairro Mearim, no centro da cidade.

A vítima foi identificada como Elpídio de Sousa Lopes Júnior, conhecido como JuJu, de 42 anos. O assassino foi identificado como Roberto Carlos Goes Lopes, de 37 anos. As perfurações atingiram o pescoço de Elpídio, que morreu no local.

O autor do crime foi encontrado na sala da casa e a vítima deitada em uma rede. Um irmão do autor e da vítima relatou que, ao chegar em casa, ouviu Elpídio gritando ‘não faz isso, não faz isso’, e olhou o autor em cima do irmão, com uma faca na mão. Ele acrescenta que tomou a faca, afastou o assassino de perto da vítima e pediu ajuda.

De acordo com o delegado Henrique Tanaka, chefe da Delegacia de Arari, o autuado confessou o crime relatando que, após discussão verbal com a vítima, esperou o irmão dormir em uma rede para, mediante emprego de arma branca tipo faca, desferir dois golpes perfurantes, atingindo a vítima fatalmente no pescoço e peito.

Ainda de acordo com o delegado, devido a localização da cena do crime, uma equipe de investigação imediatamente chegou ao local do fato, onde foi dada voz de prisão em flagrante com a subsequente condução para a delegacia.

Após as providências cabíveis, o assassino foi encaminhado para a unidade prisional de Viana onde permanecerá à disposição da Justiça.

Há informações de que o assassino estaria ameaçando familiares, dizendo que queria dinheiro para viajar para o estado de São Paulo.

Elpídio era pai do suplente de vereador Raul Victor Maciel Lopes, conhecido como Pastorzinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário