window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'G-SS4D0CGZVY'); Pastor Moises Martins

Páginas

segunda-feira, 22 de janeiro de 2024

DENÚCIA DE ASSEDIO

Queria me dar banho', diz ex-aluno do professor demitido após denúncias de assédio sexual na UFMA

Ao g1, um dos alunos relatou como aconteciam os assédios por parte de José Humbrto, que foi chefe do Departamento de Direito.






Uma denúncia levada ao Ministério Público Federal, por parte de um ex-aluno levou à expulsão de um professor que era chefe do departamento do curso de Direito na Universidade Federal do Maranhão (UFMA).


O professor denunciado é se chama José Humberto Gomes de Oliveira, que é apontado como uma pessoa que cometia uma série de abusos contra os alunos, inclusive assédio sexual.

 
Ao g1, o estudante, que não será identificado, relatou como foi assediado por Humberto, no dia 17 de maio de 2019. No depoimento à Procuradoria da Polícia Federal na UFMA, ele conta que tudo aconteceu um dia em que recebeu carona, após a aula que acontecia aos sábados, o que dificultava a volta pra casa pela baixa oferta de ônibus.
A aula era de Contratos. Ainda dentro da Cidade Universitária, José perguntou se eu depilava as partes íntimas. Me senti desconfortável e tentei desconversar, mas, quando saímos da UFMA e passávamos pela Capela de São Pedro, José disse que 'tinha vontade de me sequestrar' e queria 'me dar banho'", relatou.
Ainda durante o depoimento, o estudante conta que Humberto o questionou se ele já 'tinha dado'. Mesmo respondendo que era hétero, o aluno diz que Humberto passou a falar que era 'ativo' e percebeu que queria transar com ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário