Páginas


quinta-feira, 2 de junho de 2022

 Suspeitos de assalto morrem em confronto com policiais militares em Turilândia

Os jovens Thierry Silva Rodrigues e Daniel Gustavo dos Santos Dias, naturais do município de Santa Helena, morreram em confronto com policiais militares, no início da noite de terça-feira (31), por volta das 18h, na cidade de Turilândia, na Baixada Maranhense. Eles teriam praticado um assalto em Governador Nunes Freire.

Após a ação criminosa, a dupla fugiu pela MA-006, em direção a Turilândia, em um veículo Corsa Classic, de cor preta e placa NWW-7590. Eles foram alcançados por uma guarnição da PM, que seguia em sentido contrário, mas não obedeceram à ordem de parada.

Após perseguição, os suspeitos pararam e desceram, sendo determinado que eles ficassem encostados no carro para procedimentos de abordagem e busca pessoal. Inesperadamente, segundo a polícia, eles sacaram armas de fogo e dispararam tiros contra os PMs, que revidaram. Uma das balas atingiu a viatura.

Os dois suspeitos foram socorridos e levados ao Hospital Municipal de Santa Helena, ainda com vida, mas terminaram morrendo após os primeiros atendimentos médicos.

Familiares de jovens mortos em operação da Polícia Militar em Turilândia comandam protesto e exigem justiça

Familiares de jovens mortos em operação da PM em Turilândia comandam protesto e exigem justiça

Familiares de dois jovens mortos em operação da PM no município de Turilândia, na terça-feira (31), saíram às ruas nesta quinta-feira, com o apoio de grande parte da população, para protestar contra a ação desastrosa dos policiais militares.

O caso foi registrado por volta das 18h. Thierry Silva Rodrigues e Daniel Gustavo dos Santos Dias residiam no município de Santa Helena. Segundo a versão da PM, os jovens teriam participado de um assalto na cidade de Governador Nunes Freire e dispararam tiros contra os policiais durante a abordagem.

A família do jovem Daniel Gustavo dos Santos, de 18 anos, acusa a polícia de possível execução durante a abordagem. Ele teria sido executado com 13 tiros.

Um vídeo feito por um motorista que passavam pelo local da abordagem, mostra o momento em que as vítimas estão sendo abordadas já fora do veículo, com as mãos colocadas para a frente, enquanto os PMs fazem vistoria no carro.

Durante a abordagem policial os dois jovens aparecem fora do veículo, com as mãos para a frente, enquanto os PMs realizam vistoria no veículo

A versão da família

De acordo com relato de familiares, Daniel dos Santos trabalhou durante todo o dia na oficina mecânica. Por volta das 17h, já próximo do fim do expediente, ele foi acionado por telefone para dar assistência a um cliente, que estava com problemas no veículo na estrada. Daniel faria o orçamento e realizaria o reparo mecânico.

O cliente, Thierry Silva Rodrigues, era procurado pela polícia, suspeito de ter cometido um assalto em Governador Nunes Freire. Familiares afirmam que, logo que Daniel chegou ao local, com a caixa de ferramentas, para tentar identificar o problema mecânico no veículo, ocorreu a abordagem policial.

Um caminhoneiro que passava pelo local gravou um vídeo. Os jovens estão parados na estrada, fora do veículo Corsa Classic, com as mãos voltadas para a frente, em sinal de rendição, enquanto os militares realizavam buscas no veículo.

Num outro vídeo, gravado por outro cidadão, morador de Turilândia, é possível ouvir os disparos de arma de fogo. Daniel e Thierry morreram no local.

O 10º Batalhão de Polícia Militar informou que ainda nesta quinta-feira (02) divulgará uma nota sobre a operação.

Veja vídeos 




Com informações de Jailson Mendes

......................

Postagem relacionada:

— Suspeitos de assalto morrem em confronto com policiais militares em Turilândia


Nenhum comentário:

Postar um comentário