Páginas


sexta-feira, 3 de junho de 2022

Jovem é executado a tiros na porta de casa na Vila Geniparana, em São Luís; o pai também é alvejado

No momento da ação criminosa, a família comemorava o aniversário de Brandelino Pereira. Os bandidos fizeram um raspa na casa e, na saída, mataram Emerson e balearam o pai dele.

O jovem Emerson Renan Moreira Pereira, de 19 anos, foi assassinado a tiros, na noite dessa quinta-feira (2), próximo ao ponto final da linha de ônibus Socorrão 2, na Vila Geniparana, na região da Cidade Operária, em São Luis.

O pai de Emerson, Brandelino Haroldo Mendes Pereira, também foi alvejado, no pescoço e na região das costas.

De acordo com a Polícia Militar, o crime foi cometido por dois homens que estavam em um veículo Peugeot, de cor branca. Eles dispararam contra a vítima, que estava na porta de casa com o pai.

Atingido, Emerson correu para dentro de casa, mas tombou morto. O pai dele, que completou 46 anos nessa quinta-feira, foi levado em estado grave para o Socorrão 2.

Equipes do Icrim e IML estiveram no local para tomar as providências cabíveis. A polícia ainda não tem pistas dos autores do crime, que fugiram após a execução em rumo ignorado.


Residência invadida na comemoração de aniversário

Segundo informações passadas ao blog, a família estava comemorando do aniversário de Brandelino. Os bandidos anunciaram o assalto e invadiram a residência. Houve reação e eles efetuaram disparos de arma de fogo, atingindo Emerson Renan e o pai dele, Brandelino.

“Eles levaram quase tudo da casa, foi roubo seguido de morte. Estavam na porta. Era aniversário do pai do Renan. Eles chegaram no carro colocaram todos pra dentro. Levaram TV, caixa de som, celulares, tablet o que puderam. Na saída, como sempre, tem um que está com demônios nos couros e mandou matar logo. O pai foi defender o filho, e os dois foram baleados.  Eram só familiares que estavam juntos comemorando um aniversário. Eu fico muito chateada da forma como colocam na matéria (execução)”, disse uma leitora do blog, que mora na região onde ocorreu o crime.

Fonte: Gilberto Lima 

Nenhum comentário:

Postar um comentário