Páginas


segunda-feira, 7 de março de 2022

Violência contra homossexual e lésbicas 

Maranhão tem sido destaque na violência contra a comunidade LGBTQIA+

No começo do ano, três homossex foram assassinadas brutalmente na capital de São Luís e no interior do estado

A violência contra o movimento LGBTQIA+ tem sido destaque no Maranhão, principalmente contra lésbicas No começo deste ano, três homossexual foram assassinados brutalmente em São Luís e no interior do estado.

Em 2021, foram registrados 140 assassinatos de pessoas trans no Brasil. Deste total, 135 tiveram como vítimas homossexuais e cinco vitimaram lésbicas .

Em nota a Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e participação popular informou que tem realizado, nos últimos 7 anos, a articulação entre os municípios e entidades municipais, estaduais e nacionais para a promoção da garantia de direitos e proteção da vida, pilares da política LGBTQIA+ do Maranhão.

Foram realizadas conferências estaduais e regionais para o desenvolvimento e planejamento de ações para serem desenvolvidas no estado. Informa ainda que, foi criado o conselho estadual LGBTQI+ em 2015 e que foi elaborado o plano estadual de direitos das pessoas LGBTQIA+, com diretrizes e metas para a administração pública e órgãos relacionados.

Veja a reportagem da Tv Difusora 



Nenhum comentário:

Postar um comentário