Páginas


terça-feira, 15 de março de 2022

 Polícia investiga o caso

Corpo de dentista desaparecido em São Luís é encontrado em área de mato, no bairro Gapara; polícia aponta latrocínio
O corpo foi encontrado por volta das 7h40, na rua Principal do Conjunto Bacelar, no bairro Gapara, em São Luís, próximo ao muro da Vale, na área Itaqui-Bacanga. A vítima foi reconhecida por familiares que foram ao local.


Foi encontrado, no início da manhã desta terça-feira (15), o corpo do médico e gerente do Sesc Turismo do Olho d 'Água, Lauro Henrique Moreno Evangelista, de 47 anos, que estava desaparecido, desde a tarde do último domingo (13).

O corpo foi encontrado por volta das 7h40, na rua Principal do Conjunto Bacelar, no bairro Gapara, em São Luís, próximo ao muro da Vale, na área Itaqui-Bacanga. A vítima foi reconhecida por familiares que foram ao local. Segundo informações preliminares, o dentista foi morto com um tiro na cabeça, e o corpo dele estava no local há cerca de dois dias.

Segundo o delegado Marconi Matos, titular do 1º Distrito Policial de São Luís, os indícios apontam que o dentista foi vítima de latrocínio, que é o roubo seguido de morte.

“Infelizmente se confirma, os familiares reconheceram o corpo como sendo do dentista. Mas estamos desde ontem no caso, está bastante avançado e realmente se confirma um latrocínio. Levaram o carro, o carro dele não foi encontrado bem como alguns bens dele, os aparelhos celulares também foram subtraídos. Mas isso vai ficar tudo à base da investigação. Vamos fazer todos os levantamentos no local do crime para ver como foi essa morte dele ou se foi outro tipo de violência”, destacou o delegado.

Segundo a polícia, uma mulher estava procurando animais dentro de uma vegetação, quando acabou encontrando um homem, aparentemente, sem sinais vitais.

A vítima era um homem branco, que estava deitado de costas, enrolado com uma rede verde. A polícia foi acionada e se dirigiu ao local. Familiares de Lauro Henrique foram chamados, pois havia indícios de que o corpo fosse do médico. No local, os parentes reconheceram que o corpo era, de fato, do dentista.

Médico desapareceu no dia 13 de março

Lauro Henrique Moreno Evangelista estava desaparecido desde a tarde de domingo (13). Segundo familiares, após almoçar na casa dos pais, no bairro Parque Amazonas, o dentista saiu de carro em direção à avenida dos Africanos e não foi mais visto.

“Meu irmão Dr. Lauro Henrique Evangelista estava domingo às 13h40 na casa da minha mãe e até o momento está desaparecido. As últimas imagens que a gente tem são dele saindo do Parque Amazonas em direção à avenida dos Africanos. Meu irmão não tem histórico de depressão, não bebe, não fuma e desapareceu, a gente não sabe onde ele está", disse Lúcio Evangelista, irmão de Lauro.

O celular do dentista estava desligado, e o caso foi registrado na Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP), na Beira-Mar.

A polícia chegou a ouvir testemunhas e verificar imagens de câmeras de segurança para refazer o caminho feito por Lauro, com o objetivo de encontrar pistas que ajudassem no esclarecimento do caso.

De acordo com a Polícia Civil, ainda no domingo, uma das imagens mostrou o dentista em uma agência bancária e, logo após, o carro dele foi visto deixando a capita“O trabalho de investigação está sendo feito. Se alguém movimentou a conta dele, nós vamos saber. Nós temos uma imagem que comprova que o carro saiu de São Luís, no domingo, por volta de 13h53, logo após ele sair da casa dos familiares. E nós estamos trabalhando para localizar o veículo e, possivelmente, prender os autores desse latrocínio”, afirmou o delegado Marconi Matos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário