Páginas


quarta-feira, 9 de fevereiro de 2022

 Quadrilha rouba R$ 200 mil da conta bancária de Neymar

Investigações apontam para o envolvimento de pelo menos 10 pessoas que teriam praticado mesmo crime com outras personalidades.


Em fase final de recuperação de lesão, Neymar foi vítima de golpe e teve R$ 200 mil desviados de sua conta bancária. O crime foi cometido por uma quadrilha, que transferiu o valor total em pequenas quantias. Segundo o delegado do Departamento Estadual de Investigações Criminais de São Paulo (DEIC/SP), a conta é movimentada pelo pai do atleta e montante foi ressarcido ao camisa 10 do Paris Saint-Germain.

O golpe foi cometido por funcionários de uma empresa terceirizada, contratada para prestar serviço à instituição financeira. Segundo a polícia, um homem identificado como Lucas Almeida Ferreira dos Santos, de 20 anos, foi preso ontem em São Paulo, por ser um dos líderes da quadrilha.

“O caso do Neymar tem uma peculiaridade, porque quem fez o desvio foi um funcionário do próprio banco, um funcionário de uma empresa terceirizada do banco. Eles tinham acesso a senhas que podiam fazer algumas movimentações bancárias”, explicou o delegado, em entrevista à Band.

Apesar da prisão de um dos mentores dos crimes financeiros, as investigações apontam para o envolvimento de pelo menos outras 10 pessoas, que também praticaram o golpe em outras personalidades.

Nos gramados

Apesar do susto fora de campo, dentro dele, Neymar acelera a recuperação de lesão já treina com o elenco do PSG. Havia expectativa para que o camisa 10 parisiense retornasse somente na próxima terça-feira (15/2), no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, contra o Real Madrid, porém, o craque vem evoluindo e pode ser relacionado para o duelo contra o Rennes, na próxima sexta-feira (11/2), pelo Campeonato Francês.

Por O Imparcial 

Nenhum comentário:

Postar um comentário