Páginas


terça-feira, 30 de novembro de 2021

Força-tarefa caça caseiro que matou mulher, enteada e fazendeiro em GO

Wanderson Mota Protácio, 21 anos, é acusado de matar três pessoas em Corumbá de Goiás e fugir para Abadiânia; buscas ocorrem na região


Brasília e Goiânia – As Polícias Civil e Militar de Goiás montaram uma força-tarefa com pelo menos 50 pessoas, cães farejadores e até um helicóptero para caçar o caseiro Wanderson Mota Protácio, 21 anos, no Entorno do Distrito Federal. Ele é suspeito de matar a própria mulher, que estava grávida de quatro meses, a enteada de 2 anos e um fazendeiro.

Os crimes ocorreram no domingo (28/11), na região de Corumbá de Goiás, a 124km de Brasília, e remetem ao caso Lázaro, ocorrido em junho deste ano. As buscas têm como um dos focos principais a região de mata de Abadiânia (GO), onde o homem estaria escondido.


Raniere Aranha Figueiró, 19, que estava grávida, e a enteada Geysa Aranha da Silva Rocha foram mortas a facadas. Pouco antes, o homem teve uma discussão com a mulher. Depois de matar mãe e filha, ele foi até a casa do patrão e pegou um revólver com seis munições.

1/5

Nenhum comentário:

Postar um comentário