Páginas


quarta-feira, 16 de junho de 2021

Prefeito Dr. Julinho anuncia a primeira escola cívico-militar de de São José de Ribamar em parceria com Exército Brasileiro 



O Prefeito Dr. Julinho acompanhado do seu vice, Júnior Lago, participaram no último dia 27 de maio no 24° Batalhão de Infantaria de Selva, da solenidade de parceria com o município de São José de Ribamar para a implantação da primeira escola cívico-militar dentro território ribamarense. A recepção doi feita pelo Coronel Sérgio Henrique Rendeiro.


O modelo cívico-militar é diferente do modelo das escolas militares mantidas pelas Forças Armadas. De acordo com o MEC, as secretarias estaduais de educação continuariam responsáveis pelos currículos escolares e caberia aos militares a atuação como monitores na gestão educacional.


Com a implantação 

Segundo o movimento Todos pela Educação, o investimento por aluno nas escolas cívico-militares é três vezes maior do que na escola regular de turno parcial. Além disso, a escola faz seleção de alunos e atende a uma parcela com nível socioeconômico mais alto, o que influi nos resultados escolares.


Modelos de pactuação

O programa de escolas cívico-militares (Pecim) prevê dois modelos de pactuação, que serão escolhidos pelo MEC:

  • Disponibilização de Pessoal: por este modelo, o Ministério da Defesa, em parceria com o MEC, disponibiliza pessoal das Forças Armadas para atuar nas escolas. Em contrapartida, estados, municípios e Distrito Federal farão investimentos nas instalações e infraestrutura.
  • Repasse de Recursos: segundo a portaria, por este modelo o MEC fará o aporte financeiro por meio do Plano de Ações Articuladas (PAR) e Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para adaptar as escolas regulares à implantação do modelo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário