quarta-feira, 30 de junho de 2021

Luto: vítima da Covid19 professor Cláudio Vaz

Maranhão registra mais 31 mortes e 1.066 novos casos de covid-19; uma das vítimas fatais é o professor Cláudio Vaz

O Maranhão registrou, segundo dados divulgados pela SES nesta  terça-feira (29), mais 31 mortes e 1.066 novos casos de covid-19, sendo que o total de óbitos chegou a 9.023.

Uma das vítimas fatais é o professor Cláudio Antônio Vaz dos Santos, de 85 anos. Ele morreu nesta terça-feira (29), em São Luís, aos 85 anos, após ficar vários dias internado.

Cláudio Vaz, mais conhecido como “Alemão”, escreveu o seu nome na história do esporte no Maranhão ao criar os Jogos Escolares Maranhenses (JEMs), em 1973.

Foram confirmados mais 138 casos na região metropolitana de São Luís, 28 em Imperatriz e 900 nas demais regiões. No total, 316.607 pessoas foram infectadas pela covid-19.

Os 31 novos óbitos foram registrados nas cidades de Imperatriz (5), São Luís (5), Buriticupu (2), Pindaré Mirim (2), Açailândia (1), Alcântara (1), Arame (1), Bacabal (1), Barreirinhas (1), Cedral (1), Esperantinópolis (1), Estreito (1), Governador Eugênio Barros (1), João Lisboa (1), Lago da Pedra (1), Lima Campos (1), Miranda do Norte (1), Paço do Lumiar (1), Santa Luzia (1), São José de Ribamar (1) e Tutóia (1).

31.978 pessoas estão com o vírus ativo. 30.440 encontram-se em isolamento domiciliar, 978 estão em leitos de enfermaria e 560 em leitos de UTI.

Mais 844 infectados conseguiram se recuperar da doença. O total de pessoas recuperadas subiu para 275.606.

2.027 pessoas são suspeitas de estarem infectadas e aguardam resultados de testes.

Sobre o professor Cláudio Vaz

Cláudio Antônio Vaz dos Santos, o Cláudio “Alemão”, nasceu em São Luís, no dia 24 de dezembro de 1935. Foi atleta de basquetebol, voleibol, futebol de campo e salão, atletismo e natação. Pertenceu à famosa “Geração de 53” do esporte maranhense, atuante nas décadas de 1950 e 1960.

Em 1971, formado em Economia, foi nomeado coordenador do Departamento de Educação Física, Esportes e Recreação da então Secretaria de Educação e Cultura (DEFER-SEC).

Reestruturou o esporte e a Educação Física maranhenses implantando as escolinhas de esportes no Ginásio Costa Rodrigues, que passaram a funcionar desde as 5 horas até às 23 horas, com atividades como Atletismo, Futebol de campo, salão, voleibol, basquetebol, judô, boxe (que também praticou), karatê, capoeira, xadrez, ginástica olímpica e folclore.

Nesse mesmo ano criou o Festival Esportivo da Juventude – FEJ, embrião dos Jogos Estudantis Maranhenses – JEMs.

Alemão deixa os filhos Cláudia Bogéa Vaz, Andréa Bogéa Vaz, Marcelo Vaz, Natcha Vaz, Maria José Penalber Vaz e Luciana Penalber Vaz.

Nota de pesar da SEDEL

A Sedel e o Governo do Maranhão lamentam profundamente o falecimento do professor Claudio Antônio Vaz dos Santos nesta terça-feira (29).

O professor estava internado devido a complicações de Covid-19 em São Luís e nos deixou aos 86 anos.]

Cláudio Vaz, também  conhecido como  Cláudio Alemão, foi um incansável mobilizador do esporte maranhense. Em 1973 criou os Jogos Escolares Maranhenses (JEMs).

Cláudio Antônio era natural de São Luís. Atuou no basquetebol, voleibol, futebol de campo e salão, atletismo e natação.

Em 1971, coordenou o Departamento de Educação Física, Esportes e Recreação da então Secretaria de Educação e Cultura (DEFER-SEC).

O esporte maranhense se entristece com essa perda imensurável e se solidariza com a família e amigos.

Por  Gilberto Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário