Páginas


terça-feira, 15 de junho de 2021

 

Expulso do DEM, deputado Rodrigo Maia compara ACM Neto a inquisidor espanhol



Em entrevista após a votação, Maia disse que não é possível que gasto público cresça acima da inflação (Michel Jesus/Câmara dos Deputados)

Deputado compara presidente da legenda a inquisidor 

AQUILES EMIR

O Democatas decidiu expulsar dos seus quadros, nesta segunda-feira (14), o deputado federal Rodrigo Maia, do Rio de Janeiro, ex-presidente da Câmara Federal. Após a expulsão, Maia foi para as redes sociais e comparou o presidente da legenda, Antônio Magalhães Neto, o “ACM Neto”, ao temido inquisidor espanhol Tomás de Torquemada.

O comunicado sobre a expulsão de Maia foi dado numa pequena nota do partido pelo Twitter.

“Em reunião realizada nesta segunda-feira (14), a Executiva Nacional do Democratas decidiu expulsar o deputado Rodrigo Maia (RJ) de seu quadro de filiados”, comunicou o partido.

Rodrigo Maia entrou em conflito com ACM Neto durante o processo de escolha do novo presidente da Câmara. Maia apoiou a candidatura de Baleia Rossi (MDB) para sucedê-lo, porém ACM era simpático à eleição de Arthur Lira, por isto liberou a legenda pata que cada deputado votasse conforme suas consciências, o que para Maia foi uma adesão ao bolsonarismo, já que o projeto de Lira era estimulado pelo Palácio do OPlanalto.

Após ser informado da decisão da executiva do partido, Maia foi para as redes sociais e desferiu ataques ao presidente do partido.

“O DEM decidiu me expulsar de seus quadros. O presidente Torquemada Neto, usando o seu poder para tentar calar as merecidas críticas à sua gestão, tomou essa decisão. É lamentável o caminho imposto pelo Torquemada para o partido, disse ele.

Numa segunda postura, acusa ACM Neto de traição e de ser aliado do presidente da República, Jair Bolsonaro.

“Não só por isso, mas também pela sua deslealdade e falta de caráter, pedi a minha desfiliação. O partido diminuiu. Virou moeda de troca junto ao governo Bolsonaro. Agora é virar a página e juntar forças para um projeto de desenvolvimento do Brasil e em prol dos
 brasileiros”, informou.

Fonte: Maranhão Hoje 


Nenhum comentário:

Postar um comentário