terça-feira, 4 de maio de 2021

 

Presidente do PSB diz que se Flávio Dino mudar de partido será candidato a sucessor de Bolsonaro



Governador está determinado a concorrer a uma vaga no Senado 

AQUILES EMIR 

O presidente do PSB, Carlos Siqueira, anunciou, nesta terça-feira (04), em entrevista ao programa Fórum Onze e Meia, da Revista Fórum, que se o governador Flávio Dino (PCdoB) migrar para o seu partido poderá ser lançado candidato a presidente da República em 2022 a fim de suceder JairBolsonaro. Segundo ele, o partido está ampliando negociações com outras legendas  para formação de uma frente alternativa de esquerda.

“Nós temos conversas muito avançadas com o Flávio Dino, ele tem uma simpatia pelo PSB, nós já demos as boas vindas e temos muita esperança que ele possa se filiar ao PSB. Vamos ver, afirmou”, afirmou Siqueira.

Ele postou uma mensagem no Twitter, na qual fala sobre as negociações do seu partido com outras legendas de esquerda.

“O PSB é aberto ao diálogo.Já conversamos com o dep.@MarceloFreixo (PSOL-RJ) e o gov.@FlavioDino (PCdoB-MA). Se acharem o PSB oportuno para a boa política,estamos de braços abertos.Reconhecemos ambos como lideranças importantes para um projeto de futuro”, frisou.

Segundo Siqueira, apesar de estar praticamente determinado a concorrer ao Senado,  Flávio Dino precisa compreender que se tornou uma liderança nacional,  portanto pode fazer mais pelo Brasil.

“Ele diz que é candidato ao Senado pelo Maranhão, mas ele é uma liderança tão preparada que pode ser qualquer coisa. Entrando no PSB, tem dimensão pra pleitear qualquer candidatura, inclusive a Presidência. Mas nós não temos acerto sobre isso, nós temos acerto sobre a possibilidade de sua vinda para o PSB e ser um quadro à disposição do partido para várias alternativas que o momento vier a exigir”, disse ele.

Siqueira afirmou ainda que “a decisão está com ele, mas ele sabe o respeito que temos por ele, ele é uma liderança que precisaria estar em um partido de espectro mais largo, ele está avaliando isso, a decisão é dele, mas vamos aguardar. Já tivemos várias conversas com o Flávio”.

Com informações do Maranhão Hoje 

Nenhum comentário:

Postar um comentário