Páginas


sexta-feira, 28 de maio de 2021

Pai é preso por estuprar a própria filha em Bacabal; abusos ocorriam há 6 anos, sempre com ameaças de morte

Imagem ilustrativa - fachada da Delegacia Regional de Bacabal

A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Delegacia Especial da Mulher de Bacabal, vinculada à 16ª Delegacia Regional, prendeu, na manhã desta quinta-feira (27), um homem suspeito de estuprar a própria filha.  O mandado de prisão preventiva foi expedido pela Primeira Vara Criminal da Comarca de Bacabal.

Segundo as investigações, os abusos iniciaram quando a vítima tinha 11 anos, e perduraram por seis anos, sempre mediante ameaças de morte.

Após a ocorrência de mais uma relação sexual forçada, a vítima, já com 17 anos, acionou a Polícia Civil de Bacabal e descreveu os fatos, bem como apresentou uma vestimenta na qual havia sêmen do abusador.

A vestimenta foi encaminhada ao ICRIM de São Luís, para que sejam coletadas amostras de material genético do suspeito. A Delegacia Especial da Mulher solicitou a prisão preventiva pai estuprador.

O preso vai responder pelos crimes de estupro de vulnerável e estupro, previstos nos artigos 217-A e 213 do Código Penal. Ele foi encaminhado à Unidade Prisional de Bacabal, onde permanecerá, à disposição da Justiça.

...............

Art. 217-A. Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (catorze) anos: Pena - reclusão, de 8 (oito) a 15 (quinze) anos.

Art. 213. Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso: Pena - reclusão, de 6 (seis) a 10 (dez) anos.

Por Gilberto Lima 

Nenhum comentário:

Postar um comentário