Páginas


sexta-feira, 7 de maio de 2021

Flávio Dino libera pequenos eventos e música ao vivo em bares e restaurantes; confira todas as medidas anunciadas

O governador Flávio Dino anunciou liberação de eventos com 50 pessoas, a partir do dia 10 de maio. Já a partir do próximo dia 17, estarão liberados eventos com 100 pessoas. Música ao vivo estará permitida a partir do dia 15.

As demais medidas restritivas em vigor foram ampliadas e prosseguem até dia 24 de maio, para as cidades da Região Metropolitana de São Luís, sempre com 50% da capacidade de pessoas.

Dessa forma, comércio e indústria, funcionam das 9h às 21h; supermercados das 6h às 0h; bares e restaurantes até às 23h; escolas estaduais na modalidade on-line e as privadas a critério da instituição; nos setores público e privado, pessoas do grupo de risco devem ser afastadas do trabalho.  

Cinemas e teatros não foram inclusos, por se tratar de ambientes fechados e de longa permanência. “Vamos editar normas para este segmento, posteriormente”, informou Flávio Dino.

“Adotamos regime um pouco mais flexível, sempre com senso de responsabilidade, para que possamos ter o máximo quanto possível a normalidade, sem por em risco a saúde e esforços sanitários que temos feito”, avaliou.

Confira todas as medidas anunciadas nesta sexta-feira

ESTADO

— Eventos com até 50 pessoas a partir de 10 de maio

— Música ao vivo a partir de 15 de maio

— Eventos com até 100 pessoas a partir de 17 de maio


REGIME ATUAL PRORROGADO ATÉ 24/05

ESTADO

— Administração pública estadual: 50% da capacidade e revezamento

ILHA DE SÃO LUÍS

— Comércio e indústria entre 9h e 21h

— Bar e restaurante: até 23h

— Supermercados: das 6h à 0h

— Supermercados, academias, salões, igrejas, bares e restaurantes: 50% de capacidade

— Grupo de risco afastado no setor público e privado


VACINAÇÃO

— Vacinação para grávidas com comorbidades e puérperas (até 40 dias após o parto) com vacina Pfizer:

Local: Iema Cintra, em São Luís.

Horário: sábado, dia 8, das 8h às 16h; e domingo, dia 9, das 8h às 12h.


— Novos grupos prioritários (de acordo com PNI):

Pessoas com síndrome de down (a partir de 18 anos)

Pessoas com deficiência permanente cadastradas no BPC, de 55 a 59 anos

Pacientes renais crônicos

Pessoas com comorbidades, de 50 a 59 anos


ATUALIZAÇÃO SOBRE SPUTNIK V:

— Parecer técnico positivo do professor Dr. Amilcar Tanuri, da UFRJ

— Entrega de petição ao STF para obrigar Anvisa a avaliar novo pedido de liberação da vacina Sputnik V

 

APOIO À POPULAÇÃO

— Isenção do ICMS em operações com vacinas e insumos destinados à produção de vacinas

— Isenção de ICMS para elmos e produção de oxigênio medicinal

— Desoneração de ICMS nas compras públicas de kits de testes e respiradores

Por Gilberto Lima 


Nenhum comentário:

Postar um comentário