quarta-feira, 3 de fevereiro de 2021

Comerciante é encontrado morto após ser levado de sua residência por PMs em Bacabal

Veja o momento em que o comerciante é colocado em
um carro e levado pelos PMs

O corpo do comerciante Marcos Santos, conhecido como Marquinhos, foi encontrado na manhã desta terça-feira (2), por volta das 7h, no povoado Fazenda Cancelar, São Luís Gonzaga do Maranhão. Ele estava desaparecido desde a tarde dessa segunda-feira (1º), quando foi levado, por volta das 14h40, da porta do seu comércio, em Bacabal, por homens identificados como policiais do Serviço de Inteligência do 15º BPM.

De acordo com os policiais, tratava-se de uma investigação sobre o furto de carneiros. Um vídeo gravado por câmeras do sistema de segurança mostra o exato momento em que o comerciante é colocado a força pelos policiais dentro de um veículo. 

Familiares e amigos ficaram desesperados à procura de informações sobre o paradeiro de Marquinhos até que o corpo do mesmo foi encontrado abandonado na manhã de hoje. Pelas informações, ele teria sido morto durante troca de tiros com os PMs que o levaram de sua residência.

Segundo os policiais, no tiroteio o tenente Pinho foi baleado na panturrilha. O comerciante e outra pessoa que estava com os PMs teriam fugido no momento dos tiros. O tenente Pinho foi levado para o hospital Laura Vasconcelos, onde recebeu atendimento médico.

Buscas feitas por familiares

Familiares de Marquinho estiveram na 16ª Delegacia e no 15º BPM, mas não tiveram informações concretas sobre o ocorrido. Por voltas das 5h da manhã desta terça-feira (2), um grupo de pessoas, composto por parentes e amigos, saiu para o local do suposto tiroteio à procura do comerciante ou de informações do que possa ter acontecido com o mesmo.

Eles terminaram encontrando o corpo do comerciante dentro de um matagal no povoado onde teria ocorrido o susposto tiroteio.

Jefferson Portela diz que o crime será esclarecido e os envolvidos responsabilizados

Em vídeo dirigido á família do comerciante Marquinhos, o secretário da Segurança Pública (SSP), Jefferson Portela, disse que o crime será esclarecido. Segundo ele, uma equipe da SHPP e do ICRIM já foram destacadas, no helicóptero da polícia, para a cidade de Bacabal.

“Vamos esclarecer os fatos, tomando por base a verdade. Toda a verdade virá à tona. Os envolvidos serão responsabilizados. Não se combate o crime praticando crime. O combate ao crime há de ser de modo legal e legítimo. Não se combate o crime com o uso desregrado da força”, disse Portela.

O secretário disse, ainda, que a cúpula da SSP vai monitorar os trabalhos das equipes enviadas a Bacabal. “Se necessário, ainda hoje, iremos de helicóptero para a cidade de Bacabal. A verdade prevalecerá”, completou.

Com informações do Blog Falando Sério Bacabal

Nenhum comentário:

Postar um comentário