Páginas


sexta-feira, 15 de janeiro de 2021

Secretária de Educação de São Luís diz que planja iniciar o calendário letivo em Março


O retorno às aulas é pauta prioritária da Secretaria Municipal de Educação (SEMED). O objetivo é intensificar os diálogos para encontrar soluções que possibilitem o início do ano letivo de 2021 no mês de março. A ideia é implantar o sistema remoto, por meio de nova plataforma educativa de ensino on-line e com calendário e currículo unificados para todas as escolas da rede municipal de ensino.

“Estamos em um momento em que a saúde dos nossos alunos, professores e servidores são a prioridade, no entanto, é possível seguir com o ensino de maneira remota trabalhando em equipe. O aluno receberá as aulas interativas para assistir em casa e os professores, participarão de formações para conhecer a nova plataforma que iremos utilizar, e receberão todo suporte da SEMED para esse retorno às aulas. É uma estratégia para que possamos realizar um trabalho organizado e efetivo”, destacou a vice-prefeita e secretária de Educação de São Luís, professora Esmênia Miranda.

Para o retorno às aulas, a SEMED está desenvolvendo um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), que será utilizado por alunos e professores como ferramenta de apoio ao ensino remoto. Pela plataforma, todos os estudantes e professores estarão integrados e terão acesso às aulas previamente gravadas com conteúdo unificado, alinhado ao currículo e mesmo calendário escolar.

“Queremos conectar toda a comunidade escolar, com equipamentos e uma mesma plataforma, para que a rede municipal de ensino fale a mesma linguagem”, explicou Denylson Serejo, coordenador do Centro de Tecnologia, Inovação e Formação Continuada da SEMED.

Maramais

Nenhum comentário:

Postar um comentário